teses

Quadriênio 2024 - 2021

Total de teses defendidas: 28

TESES DEFENDIDAS EM 2022

Total de teses defendidas:  3

Bianca Ferreira da Costa

Título da tese:Estudo sociolinguístico da concordância de primeira pessoa do plural na
variedade do português falado em Moçambique

Orientador(a): Professor Doutor Silvia Rodrigues Vieira

Ano da defesa: 2022

Páginas:167

Resumo

O presente trabalho descreve os padrões de concordância verbal de primeira pessoa do
plural na variedade do português falado em Moçambique, com o intuito de identificar os
condicionamentos linguísticos e sociais para a realização das formas alternantes (nós
cantamos X nós canta / a gente canta X a gente cantamos). Para tanto, o trabalho conta
com três corpora compostos de entrevistas sociolinguísticas de falantes de diferentes
províncias de Moçambique para a seleção e obtenção de ocorrências, as quais foram
analisadas a partir dos preceitos da Teoria da Variação e Mudança (WEINREICH;
LABOV; HERZOG, 1968). A análise dos resultados demonstra que a concordância
padrão é quantitativamente produtiva na variedade de Moçambique (PM),
semelhantemente ao perfil encontrado na variedade europeia (PE) (VIEIRA; BRANDÃO,
2014) – norma de uso trazida originariamente ao território moçambicano e que hoje seria
em alguma medida adotada como norma-padrão no ensino formal. Entretanto, em termos
qualitativos, essas variedades do português seguem tendências contrárias: uma vez que a
variabilidade de formas no PM é registrada majoritariamente com construções
relacionadas ao sujeito pronominal nós, variação que também se registra no PB, enquanto
no PE se dá em relação ao sujeito pronominal a gente. Das ocorrências de concordância
não padrão encontradas, a maior parte foi produzida por apenas três falantes, que
declaram usar mais frequentemente a(s) língua(s) autóctone(s) do que o Português. Assim,
os resultados, além de contribuírem com a análise comparativa das variedades,
possibilitam reflexões acerca das motivações para o comportamento dos dados não só em
termos linguísticos, mas sobretudo em termos extralinguísticos, considerando o contexto
multilíngue que caracteriza a sociedade moçambicana.

Palavras-chave: Português de Moçambique; Concordância Verbal;
Sociolinguística.

Abstract

This work describes the patterns of first-person plural verb agreement in the variety of
Portuguese spoken in Mozambique, in order to identify the linguistic and social
constraints for the realization of the alternating forms (nós cantamos X nós canta / a gente
canta X a gente cantamos). For this purpose, the study investigates three corpora
composed of sociolinguistic interviews of speakers from different provinces of
Mozambique for the selection of occurrences, which were analyzed from the principles of
the Theory of Variation and Change (WEINREICH; LABOV; HERZOG, 1968). The
analysis of the results demonstrates that the standard agreement is quantitatively
productive in the Mozambican variety (MP), similarly to the profile found in the
European variety (EP) (VIEIRA; BRANDÃO, 2014) – the norm originally brought to the

Mozambican territory and to some extend adopted today as a standard norm in the
formal teaching. However, in qualitative terms, these varieties of Portuguese follow
contrary trends: since the variability of forms in MP is employed mostly with
constructions related to the pronominal subject nós, a variation that i salso recorded in
PB, while in EP it occurs related to the pronominal subject a gente. Considering the
occurrences of non-standard agreement found, most of them were produced by three
speakers, who declared to use the autochthonous language(s) more frequently than
Portuguese. Thus, the results, in addition to contributing to the comparative analysis of
the varieties, allow reflections on the motivations for the behavior of the data not only in
linguistic terms, but above all in extralinguistic terms, considering the multilingual context
that characterizes Mozambican society.

Keywords: Mozambican Portuguese; Verbal agreement; sociolinguistics.

 

Cristiane Barbalho da Silva Gaio de Sá

Título da tese: Referenciação na construção argumentativa do gênero
depoimento oral em audiências com tipificação de feminicídio

Orientador(a): Professora Doutora Leonor Werneck dos Santos

Ano da defesa: 2022

Páginas:217

Resumo

Com base nos pressupostos teóricos de Linguística de Texto (LT), que concebem o texto
em uma perspectiva sociointeracionista, esta Tese identifica, por meio de uma análise
qualitativa de cunho analítico-descritivo dos processos de referenciação, de que forma
são construídos os posicionamentos discursivos de diferentes interlocutores diante de uma
mesma situação de feminicídio, durante o momento de oitiva de testemunhas em um
processo judicial, em caso de homicídio qualificado como feminicídio. Além disso,
compreendemos como os processos referenciais contribuem, no gênero depoimento oral,
para a construção argumentativa. Para isso, foram analisadas a cadeia referencial criada
para se referir ao objeto do discurso feminicídio e outras cadeias estabelecidas ao longo
das pistas textuais. O corpus é composto por quatro depoimentos orais realizados durante
processo judicial, no momento de inquirição, em audiências públicas, na Comarca de
Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro entre os anos de 2015 e 2016. Para essa
análise, tomamos como base a visão sobre referenciação proposta por Mondada e Dubois
(2003), que é compartilhada no Brasil por Koch e Elias (2007), Marcuschi (2008),
Cavalcante (2011), Santos e Colamarco (2014), dentre outros pesquisadores. A
importância do tema decorre da própria relevância do estudo de referenciação na
construção ideológica, uma vez que revela objetos do discurso, propondo uma análise que
entrecruza diferentes cadeias no processo de recategorização, verificando as relações e as
influências mútuas entre os diferentes objetos do discurso para a construção de sentido
dos textos. Outro fator de pertinência desta pesquisa foi relacionar o estudo de
referenciação a textos do âmbito jurídico, contribuindo para um trabalho interdisciplinar.
Como resultado, concluímos que há comportamentos específicos dos processos
referenciais no gênero depoimento no domínio discursivo jurídico e que a referenciação
contribui para a construção argumentativa, revelando distintas orientações ideológicas
acerca de uma mesma situação de feminícidio. Além disso, chegamos à conclusão de que
as cadeias referenciais são fenômenos complexos, em que a construção de um objeto de
discurso recategoriza outros objetos ao longo das pistas textuais. Esses resultados
ressaltam a importância de os estudos no campo da referenciação serem atrelados aos
gêneros, investigando não apenas a recategorização promovida pelas cadeias referenciais
e pelas pistas textuais, mas também a de um objeto de discurso em relação a outros.

Palavras-chave: Referenciação; construção argumentativa; feminicídio.

Abstract

A partir de los presupuestos teóricos de la Lingüística del Texto (TL), que conciben el
texto en una perspectiva socio-interaccionista, esta tesis identifica, a través de un análisis
cualitativo de carácter analítico-descriptivo de los procesos de referenciación, cómo se
construyen las posiciones discursivas de los diferentes interlocutores. frente a la misma
situación de feminicidio, durante la audiencia de testigos en un proceso judicial, en caso
de homicidio calificado como femicidio. Además, comprendemos cómo los procesos
referenciales contribuyen, en el género del testimonio oral, a la construcción
argumentativa. Para ello, se analizó la cadena referencial creada para referirse al objeto
del discurso del feminicidio y otras cadenas establecidas a lo largo de las pistas textuales.
El corpus consta de cuatro testimonios orales realizados durante el proceso judicial, en el
momento de la investigación, en audiencias públicas, en el Distrito de Duque de Caxias,
en el estado de Río de Janeiro entre 2015 y 2016. Para este análisis, tomamos como base
la visión sobre la referenciación propuesta por Mondada y Dubois (2003), que es
compartida en Brasil por Koch y Elias (2007), Marcuschi (2008), Cavalcante (2011),
Santos y Colamarco (2014), entre otros investigadores. La importancia del tema radica
en la relevancia del estudio de la referencia en la construcción ideológica, una vez que
revela objetos del discurso, proponiendo un análisis que atraviesa diferentes cadenas en
el proceso de recategorización, verificando las relaciones e influencias mutuas entre los
diferentes objetos de discurso. el discurso a la construcción de sentido en los textos. Otro
factor de relevancia de esta investigación fue relacionar el estudio de las referencias a
textos del ámbito jurídico, contribuyendo a un trabajo interdisciplinario. Como resultado,
concluimos que existen comportamientos específicos de los procesos referenciales en el
género testimonial en el dominio discursivo jurídico y que la referenciación contribuye a
la construcción argumentativa, revelando diferentes orientaciones ideológicas sobre una
misma situación de feminicidio. Además, llegamos a la conclusión de que las cadenas
referenciales son fenómenos complejos, en los que la construcción de un objeto de
discurso recategoriza otros objetos a lo largo de las pistas textuales. Estos resultados
subrayan la importancia de que los estudios en el campo de la referencia estén vinculados
a los géneros, investigando no solo la recategorización promovida por cadenas
referenciales y pistas textuales, sino también la de un objeto de discurso en relación con
otros.

Keywords: Referenciación; construcción argumentativa; feminicidio

 

Eneile Santos Saraiva de Pontes

Título da tese: Predicação transitiva direta com pronome SE: perfis de impersonalização discursiva em variação.

Orientador(a): Profª. Drª. Marcia dos Santos Machado Vieira

Ano da defesa: 2022

Páginas:247

Resumo

Defende-se a tese de que há, entre as chamadas construções de predicação transitiva direta com pronome SE, pareamentos forma-significado/função aos quais se combinam diferentes configurações de predicador e aos quais são associados diferentes efeitos de impersonalização discursiva. Defende-se que o processo de impersonalização está atrelado às três pessoas discursivas e que a indeterminação se configura como uma entre outras possibilidades de subcategorização de referência nesse processo. Uma hipótese de que parte a pesquisa é a de que as construções com SE podem ser utilizadas em
contextos de referência impersonalizada determinada, impersonalizada indeterminada e impersonalizada relativamente (in)determinada. A tese pauta-se, então, em uma análise socioconstrucionista multivariada e colostrucional de dados de predicações transitivas diretas com predicador simples ou predicador complexo ou predicador ter mais pronome clítico SE por meio dos quais é possível representar um dos participantes da predicação (o que fica suspenso na estruturação sintática) como arbitrário, indeterminado ou determinado, mas desfocalizado, na dinâmica de construção de referências em textos dos domínios jornalístico e acadêmico. Focaliza-se, nessas condições, a variação de usos de três aloconstruções de predicação: (i) [Predicador TD + SE (participante 2 [SN/SO]) (participante 1 suspenso)] predicação ; (ii) [Verbo (SEMI)AUXILIAR + SE + Verbo Principal TD (VP TD )] predicador complexo (participante 2 [SN/SO]) (participante 1 suspenso)] predicação e (iii) [PredicadorTER + SE (participante 2 [SN/SO]) (participante 1 suspenso ou inexistente)] predicação . A terceira difere, em alguns aspectos, das demais: é a mais substantiva (predicador ter) das três, relaciona-se a predicações estativas de existência, às quais também se podem combinar existir, ter (sem pronome SE) e haver, e nesse slot construcional ocorre em variação com ter e haver (cf. SARAIVA, 2013, ter- se/haver/ter X). Apresentam-se resultados de uma análise multivariada, feita com o auxílio do programa GoldVarbX, e de uma análise colostrucional, com o auxílio do programa R Studio. A partir delas, examinam-se o comportamento dessas construções no PB, os contextos de variação das construções e as tendências de colocação verbal. Executa-se uma análise colexêmica simples, a partir da qual é possível observar quais os predicadores verbais que mais são atraídos para preencherem os slots das aloconstruções descritas em (i) e (ii). Também se observa a influência dos gêneros textuais quanto ao acionamento de cada construção em relação ao efeito de sentido, pois, nos textos acadêmicos, detecta-se que elas são mais acionadas para promover a demoção da primeira pessoa discursiva (Analisam-se cláusulas justapostas/ tem-se a observação da realidade) e, nos jornalísticos, para opacificar a terceira pessoa discursiva (pode-se dizer, contudo, que a ineficiência estatal no mínimo contribuiu para ampliar o número de vítimas). A referida pesquisa apresenta resultados importantes para se (re)pensar o ensino de indeterminação nas aulas de português em diferentes níveis de escolarização. A abordagem tradicionalmente abordada em livros didáticos considera  somente duas estratégias de indeterminação (uso de verbo na terceira pessoa do plural e uso de verbo na terceira pessoa do singular mais pronome SE, funcionando como índice de indeterminação, associado a um verbo intransitivo ou transitivo indireto) e há pouco ou nenhum enfoque à possibilidade de opacificação do eu-enunciador. Para lidar, na análise das construções, com questões referentes a aspectos sintáticos, semânticos, pragmáticos, de referencialidade e também com a perspectiva da variação no âmbito da Gramática de Construções, esta tese segue orientações de pressupostos socioconstrucionistas, da linguística funcional cognitiva (MACHADO VIEIRA, 2016, 2017; WIEDEMER; MACHADO VIEIRA, 2018; MACHADO VIEIRA; WIEDEMER, 2019, 2020, BYBEE , 2013, 2010; CAPPELLE, 2006; FILLMORE, 1982; GOLDBERG, 1995, 2006, 2019; LANGACKER 1987, 1991, 2008; TRAUGOTT; TROUSDALE, 2013) e da Linguística de Texto (CAVALCANTE, 2011, KOCK; ELIAS, 2011, KOCK, 1996, 2004).

Palavras-chave: Impersonalização, Indeterminação, Predicação transitiva direta, Pronome SE, Gramática
de Construções, Variação construcional.

Abstract

We defend the thesis that there are, among the so-called direct transitive predication constructions with the SE pronoun, form-meaning/function pairings to which different predicator configurations are combined and to which different effects of discursive impersonalization are associated. It is argued that the process of impersonalization is linked to the three discursive persons and that indeterminacy is configured as one among other possibilities of subcategorization of reference in this process. One hypothesis that the research starts with is that the constructions with SE can be used in
contexts of determinate impersonalized, indeterminate impersonalized and relatively (in)determined impersonalized reference contexts. The thesis is based, then, on a multivariate and colostructal socio-constructionist analysis of data from direct transitive predications with simple predicator or complex predicator or predicator having more clitic pronoun SE through which it is possible to represent one of the participants of the predication (what remains suspended in syntactic structure) as arbitrary, indeterminate or determined, but unfocused, in the dynamics of construction of references in texts
from the journalistic and academic domains. Under these conditions, we focus on the variation of uses of three alloconstructions of predication: (i)[Predicate DT + SE (Participant 2 [nonverbal element]) (participant 1 suspended)] predication ; (ii) [(Semi)auxiliary Verb + SE + Principal Verb Direct transitive VP DT ] complex predicate (Participant 2 [nonverbal element]) (participant 1 suspended)] predication e (iii) [VerbTER + SE] simple predicate (Participant 2, [nonverbal element]) (participant 1 suspended or nonexistent)] predication . The third differs in some respects from the others: it is the most substantive (predicator to have) of the three, it relates to stative predications of existence, which can also be combined to exist, to have (without pronoun SE) and there be (is/are) and in that Constructional slot occurs in variation with have and there be (cf. SARAIVA, 2013, ter-se/haver/terX). Results of a multivariate analysis, carried out with the aid of the GoldVarbX program, and of a colostructal analysis, with the aid of the R Studio program, are presented. From them, the behavior of the constructions in BP, the contexts of variation of the constructions and the tendencies of verbal placement are examined. A simple colexemic analysis is performed, from which it is possible to observe which verbal predicators are most attracted to fill the slots of the alloconstructions described in (i) and (ii). It is also observed the interference of textual genres regarding the activation of each construction in relation to the effect of meaning, because, in academic texts, it is detected that they are more used to promote the demotion of the first discursive person (Juxtaposed clauses are analyzed / there is the observation of reality) and, in journalistics, to opacify the discursive third person (it can be said, however, that the state's inefficiency at least contributed to increasing the number of victims). This research presents important results for (re)thinking the teaching of indeterminacy in Portuguese classes at different levels of schooling. The approach traditionally addressed in textbooks considers only two indeterminacy strategies (use of third person plural verb and use of third person singular verb plus SE pronoun, working as an indeterminacy index, associated with an intransitive or indirect transitive verb) and there is little or no focus on the possibility of opacification of the enunciator-I. In order to deal, in the analysis of constructions, with questions regarding syntactic, semantic, pragmatic, referential aspects and also with the perspective of variation in the context of the Grammar of Constructions, this thesis follows guidelines from socioconstructionist assumptions of cognitive functional linguistics (MACHADO VIEIRA, 2016, 2017; WIEDEMER; MACHADO VIEIRA, 2018; MACHADO VIEIRA; WIEDEMER, 2019, 2020, BYBEE , 2013, 2010; CAPPELLE, 2006; FILLMORE, 1982; GOLDBERG, 1995, 2006, 2019; LANGACKER 1987, 2019; LANGACKER 1987, 2019; ; TROUSDALE, 2013) and Textual Linguistics  (CAVALCANTE, 2011; KOCK; ELIAS, 2011, KOCK, 1996, 2004).

Keywords:Impersonalization, Indeterminacy, Direct transitive predication, Pronoun SE, Grammar
of Constructions, Constructional variation.

 

TESES DEFENDIDAS EM 2021

Total de teses defendidas:  25

Adriana Cristina Lopes Gonçalves Mallmann

Título da tese: A justaposição no continuum encaixamento, hipotaxe e parataxe

Orientador(a): Profª. Drª. Violeta Virginia Rodrigues 

Co-orientador(a): Prof. Dr. João Antônio de Moraes

Ano da defesa: 2021

Páginas: 315

Resumo

A gramática normativa, no que se refere à articulação de cláusulas no âmbito do período composto, se restringe ao binômio coordenação e subordinação, sem propor uma descrição aprofundada desses processos sintáticos. Diante desse cenário, pretendemos, por meio de uma análise sintática, semântica, pragmática e prosódica, analisar e descrever, à luz do aporte teórico funcionalista, os processos sintáticos encaixamento, hipotaxe, parataxe e justaposição. Além disso, tomando por base o estudo de Stein (2008), desejamos verificar se, em um continuum de articulação, as cláusulas justapostas se assemelhariam mais às hipotáticas do que às paratáticas tendo em vista que, as cláusulas hipotáticas, assim como as justapostas, podem estabelecer as mesmas relações circunstanciais, além de se caracterizarem pelo contorno melódico semelhante, e por uma pausa entre as cláusulas que constituem o período composto. Para alcançar os objetivos propostos, selecionamos 83 (oitenta e três) propagandas, constituídas pelos 4 (quatro) processos sintáticos em análise, de 185 (cento e oitenta e cinco) agências publicitárias credenciadas no site da ABAP – Agência Brasileira de Agências Publicitárias. Esse corpus foi previamente selecionado porque, em virtude do seu caráter dialogal e multimodal, parece contribuir para a ocorrência de cláusulas justapostas. Ademais, para realização da análise prosódica, promovemos uma atividade de leitura de enunciados, elaborados a partir dos slogans originários das propagandas, reescrevendo-os de acordo com as características de cada processo sintático, realizando posteriormente um teste de percepção para observar se os falantes percebiam algum tipo de descontinuidade em cada dado. Além do aporte teórico funcionalista empregado por Thompson (1983), Matthiessen e Thompson (1988), Lehmann (1989), Langacker (1987), e de alguns trabalhos também funcionalistas que investigaram a justaposição como processo sintático, como Decat (2001), Lima-Hernandes (2008), Dias (2009), Rodrigues e Dias (2010), Rodrigues e Gonçalves (2015), só para citar alguns, foram empregados critérios propostos por Kress; Van Leeuwen (2006), Abreu (1997) e Kortmann (1996) para a investigação sintática, semântica e pragmática, além de parâmetros da prosódia instrumental para a análise. Por fim, a descrição de cada processo sintático foi verificada, por meio de testes estatísticos, com o propósito de apurar a validade de cada critério empregado. Desse modo, nossa análise evidenciou que o encaixamento é um processo caracterizado pelo maior vínculo sintático, semântico, pragmático e pela maior integração sintática, prosódica e semântica; a hipotaxe, por possuir menor vínculo sintático, semântico, pragmático e menor integração sintática, prosódica e semântica; a justaposição, por ter menor vínculo sintático, semântico, pragmático, por possuir menor integração sintática, semântica e integração prosódica intermediária; a parataxe, por ter menor vínculo sintático, semântico e pragmático, maior integração sintática, menor integração prosódica e integração semântica intermediária. Considerando as análises realizadas, confirmamos a hipótese de que a justaposição compartilha mais traços de semelhança com a hipotaxe do que com a parataxe.

Palavras-chave: Articulação de cláusulas; Sintaxe; Justaposição; Funcionalismo; Multimodalidade; Prosódia instrumental.

Abstract

Concerning the articulation of clauses, the normative grammar is restricted to the binomial coordination and subordination without proposing a thorough description of these syntactic processes. Considering that, we intend, through a syntactic, semantic, pragmatic and prosodic analysis, to examine and describe, based on functionalist theoretical framework, the syntactic processes of embedding, hypotaxis, parataxis and juxtaposition. Furthermore, based on Stein’s (2008) study, we want to verify whether, in a continuum of articulation, the juxtaposed clauses would be more similar to the hypotactic than to the paratactic ones, considering that the hypotactic clauses, as well as the juxtaposed ones, can establish the same circumstantial relations. In addition, they both could be characterized by a similar melodic outline and by a significant pause between the clauses that constitute the complex period. To achieve the proposed objectives, we selected 83 (eighty-three) advertisements, consisting of the 4 (four) syntactic processes under analysis, from 185 (one hundred and eighty-five) advertising agencies registered in the ABAP – Brazilian Agency of Advertising Agency website. This corpus was previously selected because it seems to contribute to the occurrence of juxtaposed clauses due to its dialogic and multimodal character. Moreover, to carry out the prosodic analysis, we promoted a reading activity of statements, elaborated based on the slogans originated from the advertisements. We rewrote them according to the characteristics of each syntactic process. After that, we realized a perception test to verify if some speakers perceived any kind of discontinuity in each data. Besides the functionalist theoretical approach used by Thompson (1983), Matthiessen and Thompson (1988), Lehmann (1989), Langacker (1987), we also resorted to some other functionalist works that investigated the juxtaposition as a syntactic process, such as Decat (2001), Lima -Hernandes (2008), Dias (2009), Rodrigues and Dias (2010), Rodrigues and Gonçalves (2015), for example. We also used some criteria for syntactic, semantic and pragmatic investigation proposed by Kress; Van Leeuwen (2006), Abreu (1997) and Kortmann (1996), as well as instrumental prosody parameters for the analysis. Finally, the description of each syntactic process was verified, through statistical tests, in order to ascertain the validity of each criterion used. To conclude, our analysis showed that embedding is a process characterized by larger syntactic, semantic, pragmatic linkage and larger syntactic, prosodic and semantic integration; hypotaxis was characterized for having smaller syntactic, semantic, pragmatic link and smaller syntactic, prosodic and semantic integration; juxtaposition was characterized for having smaller syntactic, semantic, pragmatic link, for having smaller syntactic, semantic and intermediate prosodic integration; parataxis, for having smaller syntactic, semantic and pragmatic link, higher syntactic integration, smaller prosodic integration and intermediate semantic integration. Considering the analyzes fulfield, we confirm the hypothesis that the juxtaposition shares more similarity traits with hypotaxis than with parataxis.

Keywords:Articulation of clauses; Syntax; Juxtaposition; Functionalism; Multimodality; Instrumental prosody.

Ágata Cristina da Silva Oliveira

Título da tese:  O “fado da herança”: a pós-memória da ditadura salazarista em três romances portugueses pós-2000

Orientador(a): Profª. Drª. Gumercinda Nascimento Gonda

Ano da defesa: 2021

Páginas: 195

Resumo

A presente tese intitulada “O “fado da herança”: a pós-memória da ditadura salazarista em três romances portugueses pós-2000” propõe-se a analisar os
romances Deixem falar as pedras (2011), de David Machado, Anatomia dos Mártires (2011), de João Tordo e O teu rosto será o último (2012), de João Ricardo Pedro. O objetivo desta tese é, através da análise comparativa dos romances de três autores portugueses da geração após 2000, apontar para as formas como se escrevem as heranças histórica e literária oriundas das gerações que vivenciaram o período do Estado Novo em Portugal. Para tal, apontar-se-á, sobretudo, para o papel dos narradores e a forma empregada em cada texto a fim de refletir uma escrita da pós-memória. Entre os referenciais teóricos estão os textos The generation of postmemory: writing and visual culture after the holocaust, de Marianne Hirsch, Espaços da recordação, de Aleida Assmann, Mutações da literatura no século XXI, de Leyla Perrone-Moisés, Heterodoxia II, de Eduardo Lourenço, Espectros de Marx, de Jacques Derrida, Problemas da poética de Dostoiévski, de Mikhail Bakhtin, O labirinto da saudade, de Eduardo Lourenço, O anjo da história, de Walter Benjamin, A alma e as formas, de Georg Lukács, entre outros.

Palavras-chave: Literatura portuguesa. Literatura e Memória. David Machado. João Tordo. João Ricardo Pedro.

Abstract

This thesis, entitled “The “fado of inheritance”: the post-memory of the Salazar dictatorship in three post-2000 Portuguese novels”, proposes to analyze the novels “Deixem falar as pedras” (2011), by David Machado, “Anatomia dos Mártires” (2011), by João Tordo and “O teu rosto será o último”(2012), by João Ricardo Pedro. This thesis aims to, through the comparative analysis of three novels by three Portuguese authors from the post-2000 generation, to point out how the historical and literary heritages from the generations that lived the period of the Estado Novo in Portugal are written. To this end, the role of the narrators and the form used in each text in order to reflect a post-memory writing will be highlighted. Among the theoretical references are the texts “The generation of postmemory: writing and visual culture after the holocaust”, by Marianne Hirsch, “Espaços da remembrance”, by Aleida Assmann, “Mutations of literature in the 21st century”, by Leyla Perrone-Moisés, “Heterodoxy II”, by Eduardo Lourenço, “Specters of Marx”, by Jacques Derrida, “Problems of Dostoevsky’s poetics”, by Mikhail Bakhtin, “The labyrinth of nostalgia”, by Eduardo Lourenço, “The angel of history”, by Walter Benjamin, “A alma e as formas”, by Georg Lukács, among others.

Keywords: Portuguese Literature. Literature and Memory. David Machado. João
Tordo. João Ricardo Pedro.

Antonio Anderson Marques de Sousa

Título da tese: As realizações do acusativo anafórico em variedades do português

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Eugenia Lammoglia Duarte

Ano da defesa: 2021

Páginas: 205

Resumo

A realização variável do acusativo anafórico é um dos fenômenos mais estudados pela linguística acerca da língua portuguesa. Nesse sentido, esta tese contribui para o quadro de estudos por apresentar a análise das variedades europeia, brasileira, moçambicana e são-tomense. Os resultados podem ser interpretados à luz da hipótese do contato (LUCCHESI; BAXTER, 2009; AVELAR; GALVES, 2014; AVELAR, 2019): de um lado, o português brasileiro (PB), o moçambicano (PM) e o são-tomense (PST) aproximam-se, já que são sistemas que privilegiam o objeto nulo, seguido do ele acusativo, que pode ser entendido como um efeito do contato, devido à transferência de propriedades das línguas bantas ao português adquirido/aprendido como L1 ou L2. Por outro lado, o português europeu (PE) se distancia das variedades africanas e brasileira, já que exibe uma gramática robusta de clíticos, incluindo o acusativo, seja qual for a escolaridade do falante. Além disso, são atestadas, nas variedades africanas, outras variantes não encontradas nos estudos anteriores do PB e do PE: (i) o pronome pleno preposicionado e (ii) o lhe acusativo anafórico. O modelo para o estudo da mudança vem da Sociolinguística que é associada a uma teoria linguística, que motiva os grupos de fatores estruturais e o levantamento de hipóteses: a teoria de Princípios e Parâmetros (CHOMSKY, 1981) e os diversos estudos teóricos sobre o objeto nulo em português (RAPOSO, 1986; CYRINO, 1994; 1997; 2019a; 2019b; 2020, entre outros). Os dados das entrevistas orais, dos Projetos COMPARAPORT e VAPOR, são coletados e codificados, conforme a metodologia da sociolinguística variacionista e processados pelo programa estatístico Goldvarb X (SANKOFF; TAGLIAMONTE; SMITH, 2005).

Palavras-chave: acusativo anafórico; objeto nulo; clítico acusativo; ele acusativo; variedades do português.

Abstract

A realização variável do acusativo anafórico é um dos fenômenos mais estudados pela linguística acerca da língua portuguesa. Nesse sentido, esta tese contribui para o quadro de estudos por apresentar a análise das variedades europeia, brasileira, moçambicana e são-tomense. Os resultados podem ser interpretados à luz da hipótese do contato (LUCCHESI; BAXTER, 2009; AVELAR; GALVES, 2014; AVELAR, 2019): de um lado, o português brasileiro (PB), o moçambicano (PM) e o são-tomense (PST) aproximam-se, já que são sistemas que privilegiam o objeto nulo, seguido do ele acusativo, que pode ser entendido como um efeito do contato, devido à transferência de propriedades das línguas bantas ao português adquirido/aprendido como L1 ou L2. Por outro lado, o português europeu (PE) se distancia das variedades africanas e brasileira, já que exibe uma gramática robusta de clíticos, incluindo o acusativo, seja qual for a escolaridade do falante. Além disso, são atestadas, nas variedades africanas, outras variantes não encontradas nos estudos anteriores do PB e do PE: (i) o pronome pleno preposicionado e (ii) o lhe acusativo anafórico. O modelo para o estudo da mudança vem da Sociolinguística que é associada a uma teoria linguística, que motiva os grupos de fatores estruturais e o levantamento de hipóteses: a teoria de Princípios e Parâmetros (CHOMSKY, 1981) e os diversos estudos teóricos sobre o objeto nulo em português (RAPOSO, 1986; CYRINO, 1994; 1997; 2019a; 2019b; 2020, entre outros). Os dados das entrevistas orais, dos Projetos COMPARAPORT e VAPOR, são coletados e codificados, conforme a metodologia da sociolinguística variacionista e processados pelo programa estatístico Goldvarb X (SANKOFF; TAGLIAMONTE; SMITH, 2005).

Palavras-chave: acusativo anafórico; objeto nulo; clítico acusativo; ele acusativo; variedades do português.

Camila de Toledo Piza Costa Machado

Título da tese: Horizontes moventes: a experiência da paisagem na poética de Virgílio de Lemos

Orientador(a): Profª. Drª. Carmen Lucia Tindó Ribeiro Secco

Ano da defesa: 2021

Páginas: 131

Resumo

A composição poética da obra de Virgílio de Lemos tece paisagens múltiplas em uma tensão interna e externa. Mais do que apenas alusão a espaços meramente geográficos, a sua configuração constrói horizontes moventes. Assim, os conceitos de infinito e finito se interpenetram por intermédio da linguagem poética. Consciente dessas características, o presente estudo pretende investigar como essa experiência paisagística se compõe na cosmovisão virgiliana em uma interação potente entre seu interior e o mundo exterior. Portanto, serão analisados temas importantes que fundamentam a aprendizagem da palavra. Através de um percurso calcado no “corpo interior do desejo”, nossa incursão crítica perpassa os espaços das ilhas, das cidades, do artista, das obras de arte, da concepção heteronímica, em um movimento de trânsito espiralar e vertiginoso. Para tanto, será trazida à baila a teoria de Michel Collot (2013), calcada na Fenomenologia da percepção (Merleau-Ponty, 1971, 1971b), para que os olhares empenhados na depreensão de sua obra sejam também formas de experiência de corpo. Por isso, estudar a obra desse poeta moçambicano é também ultrapassar noções limitadoras, uma vez que o seu desajustamento no mundo o faz ser voz múltipla, transgressora e cosmopolita. Os horizontes, então, se movem como um corpo inquieto em um processo de vitalidade, reconhecendo que a linguagem é meio e fim para interrogar e abraçar o mundo.

Palavras-chave: poesia moçambicana; Virgílio de Lemos; paisagens literárias.

Abstract

The poetic composition of Virgílio de Lemos’ work weaves multiple landscapes in both an internal and external tension. More than just an allusion to purely geographical spaces, its configuration constructs moving horizons. Therefore, the concepts of infinite and finite are interpenetrated through the poetical language. Sapient of this characteristic, the present work intends to observe how this landscaped experience is composed in the Virgilian worldview in a powerful interaction between interior and exterior. Thus, it will be analysed the important themes that substantiate word learning. Through a path based on the “desire’s inner body”, our spiral incursion runs through the spaces of the islands, the cities, the artists, the works of art, the heteronymic conception, in a voracious transit movement. To this end, it will be brought up Michel Collot’s theory (2013), based on the Phenomenology of Perception (Merleau-Ponty, 1971, 1971b), in order that the eyes committed to the apprehension of his work are also means of body experience. For this reason, to study the work of the Mozambican writer is also to overcome limiting notions, since his maladjustment in the world makes him be a multiple, transgressive and cosmopolitan voice. The horizons, thereby, move like a restless body in a process of vitality, acknowledging that language is both means and end to embrace the world.

Keywords: Mozambican poetry; Virgílio de Lemos; literary landscapes.

Camila Nunes de Melo

 Título da tese: Estudo sobre Splinter Nativos no Português Brasileiro Contemporâneo

Orientador(a): Prof. Dr. Carlos Alexandre Victório Gonçalves

Ano da defesa: 2021

Páginas: 179

Resumo

Este trabalho visa a estudar os splinters nativos no português contemporâneo, ou seja, partículas não morfêmicas em suas palavras de origem que passam a se comportar como afixos, logo, tornam-se morfemas em palavras novas. A fim de elaborar esse conceito com mais precisão e de fazer com que a descrição desses novos elementos da língua seja mais acurada, tais formativos serão analisados à luz da Morfologia Construcional. O objetivo maior da pesquisa é inventariar essas unidades de análise morfológica e mostrar a prolificidade e rentabilidade de cada formativo encontrado.

Palavras-chave:MORFOLOGIA, SPLINTERS, MORFOLOGIA CONSTRUCIONAL.

Abstract

This work aims to study native splinters in contemporary Portuguese, that is, non-morphic particles in their source words that star to behave like affixes, so they became morphemes in new words. In order to elaborate this concept more accurately and to make the description of these new elements of the language more accurate, such formatives will be analysed in the light of the Constructional Morphology. The main objective of the research is to inventory these units of morphological analysis an to show the prolificity and profitability of each formative found.

Keywords: MORPHOLOGY, SPLINTERS, CONSTRUCTIONAL MORFPHOLOGY.

Dailane Moreira Guedes

Título da tese: A atuação do tipo de posse na percepção das formas possessivas seu e dele: uma abordagem experimental.

Orientador(a): Profª. Drª. Célia Regina dos Santos Lopes

Coorientador(a): Prof. Dr. Thiago Laurentino de Oliveira

Ano da defesa: 2021

Páginas: 160

Resumo

A tese investiga a atuação do tipo de posse para a análise das formas possessivas de terceira pessoa (3P) no português brasileiro: a forma simples seu e a forma de-possessiva dele. O objetivo é examinar em quais contextos de posse (mais prototípica ou menos prototípica) os falantes utilizam a forma simples ou a forma de-possessiva. A hipótese geral que orienta a investigação é a de que houve, no eixo do tempo, uma extensão de usos da forma seu, que teria entrado na segunda pessoa (2P) em contextos de posse mais prototípica (PEREIRA, 2016) e se mantido na terceira pessoa em contexto de posses menos prototípicas. A forma possessiva dele, em contraparte, teria se infiltrado no paradigma em contexto de posse mais prototípica, uma vez que salienta o possuidor de traço humano. Para tentar verificar a hipótese, adotamos as diretrizes da metodologia experimental (DERWING E ALMEIDA, 2005; MAIA, 2012; KENEDY, 2015) ao propormos três experimentos de medidas e objetivos diferentes: Experimento 1: Julgamento de Valor de Verdade, Experimento 2: Escolha Forçada, Experimento 3: Leitura automonitorada. Buscamos verificar se os participantes seriam sensíveis à atuação das posses mais prototípicas (modelo X(HUM) possui Y(OBJ), propriedade) e menos prototípicas (X(HUM) possui Y(HUM), parentesco; X(HUM) possui Y(COR), parte do corpo; X(INAN) possui Y(OBJ), alienáveis inanimadas), preferindo a forma seu (3P) com as menos prototípicas e a forma dele com as mais prototípicas. A discussão teórica do trabalho se ancora em trabalhos de viés funcional-cognitivo (HEINE, 1997; LANGACKER, 2009; WANG E XU, 2013, entre outros). Os resultados obtidos foram ao encontro de nossa hipótese geral, e a abordagem experimental adotada se mostrou eficaz para a reunião de indícios que nos auxiliem a entender a percepção dos falantes sobre o tipo de posse conjugado às formas possessivas.

Palavras-chave:1. Pronomes possessivos. 2. Terceira pessoa. 3. Linguística Experimental.

RESUMÉ:

Dans cette étude, nous analysons le rôle du type de possession pour l’analyse des formes possessives à la troisième personne (3P) en portugais brésilien : la forme simple seu et la forme possessive dele. Nous avons l’objectif d’examiner dans quels contextes de possession (plus prototypique ou moins prototypique) les locuteurs utilisent la forme simple ou la forme de-possessive. L’hypothèse générale qui guide la recherche est qu’il y a eu, dans le passage du temps, une extension des usages de seu, qui serait entrée à la deuxième personne (2P) dans des contextes de possession plus prototypiques (PEREIRA, 2016) et resterait dans la troisième personne pour de possessions moins prototypiques. La forme possessive dele aurait infiltré, en revanche, le paradigme dans un contexte de possession plus prototypique, du fait qu’elle met en évidence le possesseur de trait humain. Pour vérifier l’hypothèse, nous avons adopté les directrices de la méthodologie expérimentale (DERWING ET ALMEIDA, 2005 ; MAIA, 2012 ; KENEDY, 2015) en proposant trois tests de mesures et d’objectifs différents : Expérimentation 1 : Jugement de valeur de la vérité, Expérimentation 2 : Le choix forcé, Expérimentation 3 : Lecture auto-contrôlée. Nous essayons de vérifier si les participants seraient sensibles à la performance des possessions plus prototypiques (le modèle X(HUM) possède Y(OBJ), propriété) et moins prototypiques (X(HUM) possède Y(HUM), parenté ; X(HUM) possède Y(COR), partie du corps ; X(INAN) possède Y(OBJ), aliénables inanimés), préférant la forme seu (3P) aux moins prototypiques et la forme dele aux plus prototypiques. La discussion théorique du travail est ancrée dans des travaux de fondement fonctionnel-cognitif (HEINE, 1997 ; LANGACKER, 2009 ; WANG ET XU, 2013, entre autres). Les résultats obtenus étaient en accord avec notre hypothèse générale, et l’approche expérimentale adoptée s’est avérée efficace pour recueillir des preuves qui permettent comprendre la perception des locuteurs sur le type de possession associé à des formes possessives.

MOTS-CLÉS: 1. Pronoms possessifs. 2. Troisième personne. 3. Linguistique expérimentale

Danyelle Marques Freire da Silva

Título da tese: A escrita do espaço em Mia Couto

Orientador(a): Prof. Dr. Nazir Ahmed Can

Ano da defesa: 2021

Páginas: 170

Resumo

Esta tese propõe uma análise das imagens de espaço na escrita de Mia Couto, tendo como referência os romances Terra Sonâmbula (1992), A Varanda do frangipani (1996), Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra (2002), O outro pé da sereia (2006) e A Confissão da leoa (2012). Com os subsídios críticos provenientes de estudiosos da obra de Mia Couto e, em geral, do universo das literaturas africanas e com as contribuições teóricas vindas, sobretudo, da Teoria Literária e da Geografia, veremos como o espaço desempenha um importante papel na escrita do autor moçambicano. Observaremos como o espaço se relaciona com o tempo e contribui para a elaboração de um determinado tipo de personagem. Pelo fato de quase sempre inventar nomes para as terras que acolhem as personagens, desobrigando-se do peso de um referente concreto, Mia Couto nem sempre descreve com excessivos detalhes os lugares focalizados. Mas esses espaços não deixam de ter vigor. Em processo de interdependência com outras categorias, eles são também sugeridos no processo de caracterização do tempo, das personagens e, inclusive, nos diálogos entre estas últimas a partir de procedimentos como a metonímia e a metáfora. Depois de uma aproximação entre a teoria que se ocupa do espaço e a obra de Mia Couto, atentaremos para os laços entre espaço e deslocamento e entre espaço e sentimento, para nós as duas principais ligações mobilizadas pela escrita do autor moçambicano. Por isso, além da noção de deslocamento, observaremos os espaços de (aparente) “fixação”, dando aqui ênfase à casa.

Palavras-chave: Mia Couto; Romance; Espaço; Deslocamento; Personagem.

Abstract

This thesis proposes an analysis of the space images in Mia Couto’s writing, having as a reference the novels Terra Sonâmbula (1992), A Varanda do frangipani (1996), Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra (2002), O outro pé da sereia (2006) e A Confissão da leoa (2012). With the critical input from scholars of Mia Couto’s work and, generally, from the universe of African literature and with the theoretical contributions particularly from Literary Theory and Geography, we will analyze how space plays an important role in Mia Couto’s writing. We will observe how space is related to time and how it contributes to the creation of a certain type of character. By almost always inventing names for the lands that shelter these characters, and thus freed from the weight of a particular reference, Mia Couto not always describes the focalized places with excessive details. Even then, these spaces do not lack the necessary vigor. In the process of interdependence with other categories, they are also suggested in the process of the characterization of the time, the characters and even in the dialogues between these characters using procedures such as metonymy and metaphor. After an approximation between the theory that deals with space and Mia Couto’ work, we will cover the links between space and displacement and between space and sentiment, which in our opinion are the two main links mobilized by the writing of the Moçambican author. For this reason, in addition to the notion of displacement, we will observe the spaces of (apparent) “fixation”, giving here an emphasis on home.

Keywords: Mia Couto; Romance; Space; Time; Characters

Deyse Edberg Ribeiro Silva Gama

Título da tese: “E você, meu caro? Como estão lhe tratando?” O acusativo de segunda pessoa: um estudo diacrônico no PE e PB

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Eugênia Lammoglia Duarte

Ano da defesa: 2021

Páginas:146

Resumo

Esta Tese de doutorado investiga as estratégias utilizadas para representar o complemento acusativo de 2ª pessoa (te, o/a, lhe, você e formas de tratamento) em relação às formas de tratamento utilizadas pelo falante ao seu interlocutor (Tu, Você e Formas de Tratamento) no Português Europeu (PE) e Português Brasileiro (PB), ao longo dos séculos XIX e XX. Nossa análise parte dos estudos mais relevantes sobre o fenômeno e utiliza o modelo proposto pela Teoria da Variação e Mudança (WEINREICH, LABOV e HERZOG, 2006 [1968]; LABOV, 2008 [1972]), que guia a análise, bem como alguns pressupostos da Sociolinguística Histórica (CONDE SILVESTRE, 2007) e abordagens gerais sobre a teoria do Poder e da Solidariedade (BROWN E GILMAN, 1960). Foram analisadas 76 peças de teatro, 38 portuguesas (escritas por lisboetas e ambientadas em Lisboa), e 38 peças brasileiras (escritas por cariocas e ambientadas no Rio de Janeiro). A hipótese principal, no que diz respeito ao PE, é que ocorreria a variedade de formas de tratamento ao interlocutor nas primeiras sincronias, mantendo não só a distribuição complementar entre tu e você como tratamento, segundo normas de cortesia e tipo de relação entre falante e ouvinte, mas exibindo a combinação entre o tratamento escolhido e a forma canônica correspondente a cada paradigma. Quanto ao PB, esperávamos comportamento semelhante ao do PE nas primeiras sincronias, como têm mostrado diversas análises sobre outros fenômenos com base na mesma amostra. Com o pronome Você, plenamente gramaticalizado no PB, seria esperada a mistura de tratamento, perdendo-se a combinação canônica de formas do PE. Os resultados confirmam nossas expectativas em relação ao PE, visto que não ocorreu a “mistura de tratamento” uma única vez. O emprego de Tu aumenta ao longo das sincronias, chegando a uso categórico no último período do século XX, com estabilidade entre as formas de tratamento e os complementos acusativos. Em sentido contrário, os resultados para o PB confirmam a plena inserção de você no paradigma pronominal, a partir da quarta sincronia (anos 1940), depois de exibir no século XIX e primeiro quartel do século XX o padrão Tu-te, um comportamento muito semelhante ao do PE, confirmando nossa expectativa. Como apontado nos inúmeros trabalhos de Lopes e outros autores, citados ao longo desta Tese, Você supera Tu, e a mistura entre tratamento e complemento começa a se implementar. Os padrões Tu-te e Você-o/a seguem uma curva descendente e desaparecem na última sincronia, enquanto Você-te revela significativo crescimento seguido de Você-você. A combinação Você-lhe está concentrada nos anos 1970 e se deve a um único autor.

Palavras-chave: Sistema pronominal, formas de tratamento, realizações do complemento acusativo, português europeu e brasileiro, peças de teatro.

Abstract

This dissertation investigates the strategies to represent the second person accusative complement (te, o/a, lhe, você and other address forms) in relation to the strategies used by the speaker to address his/her interlocutor (Tu, Você and other Adress Forms), in European Portuguese (EP) and in Brazilian Portuguese (BP) accross the 19th and the 20th centuries. Our analysis starts from the most relevant results already shown about the phenomenon and uses the theoretical model proposed by the Theory of Language Variantion and Change (WEINREICH, LABOV and HERZOG, 2006 [1968]; LABOV, 2008 [1972]), as well as some assumption of Historical Sociolinguistics (CONDE SILVESTRE, 2007) and general approaches offered by the Power and Solidarity framework (BROWN E GILMAN, 1960). The corpus analysed consists of 76 popular theater plays, 38 of which written by Portuguese (presumably born in Lisbon) and 38 plays written by Brazilians born in Rio de Janeiro and dedicated exclusively to theater. Our main hypotesis as regards EP is to find different address forms in the first synchronies, such as Vossa Mercê, Vossa Excelência, Vossa Senhoria and variants) besides Tu and Você (the pronoun derived from Vossa Mercê (Your Grace), keeping not only the complementary distribution between Tu and Você, according to courtesy and type of relationship (symmetrical/asymmetrical), but also exhibiting the combination between the address form and the corresponding canonical complement form. As for BP, we expected a similar behavior to EP in the first synchronies, confirming other analyses about different phenomena based on the same sample. With the pronoun Você, fully gramaticalized in BP, we expected the consequent mixture of forms, with the loss of the behavior observd for EP. The results confirm our hypoteses with respect to EP: the mixture of forms is completely absent. BP follows a different course: after exhibiting the same behavior as EP in the three first synchronies, the results confirm that, with the full insertion of Você in the nominative paradigm, the pattern Tu-te is replaced by Você, from the 1940s on, outnumbering Tu, and the mixture of forms, with the combination with te, o/a, você as complements emerges in the system. Patterns Tu-te and Você-o/a show a descending curve and disappear in the final period, as Você-te rises, reaching about 70% of occurrence, followed by Você-você. The pattern Você-lhe, although noticed in Rio de Janeiro variety, is concentrated, in our sample, in the 1970s (except for ocasional occurrences), particularly in the plays written by an author born in Rio de Janeiro but a resident in the Capital of Bahia for ten years before beginning his career in Rio de Janeiro as a playwright.

Keywords:  Pronominal system, address forms, accusative complements, European and Brazilian Portuguese, theater plays.

Diogo Ballestero Fernandes de Oliveira

Título da tese: Ricardo Reis: a poética da impossibilidade da apatheia e da ataraxia Diogo Ballestero Fernandes de Oliveira

Orientador(a): Profª. Drª. Teresa Cristina Cerdeira da Silva

Ano da defesa: 2021

Páginas:166

Resumo

Esta tese de doutorado persegue o projeto do pseudoclássico Ricardo Reis, um dos heterônimos de Fernando Pessoa, na sua busca da inteireza do sujeito. As odes ricardianas, em sua harmonia composicional, parecem tentar fixar uma identidade não estilhaçada, perfilhada com o que seria uma visão estoica da vida (ataráxica), de alguém em equilíbrio com o cosmos. Para tal, a tese percorre as dimensões estoico-epicuristas da poética ricardiana para surpreender, no seu vínculo com a Antiguidade, o sujeito estilhaçado pela modernidade. O malogro no silenciamento da dor, testemunhado por diversos signos poéticos, aponta para uma poética da impossibilidade da apatheia e da ataraxia na poesia de Ricardo Reis.

Palavras-chave: Ricardo Reis; Fernando Pessoa; Poesia moderna; Modernidade.

Abstract

Cette thèse de doctorat poursuit le projet du poète pseudo-classique Ricardo Reis, l’un des hétéronymes de Fernando Pessoa, dans sa recherche de l’intégrité du sujet. Les odes ricardiennes, dans leur harmonie compositionnelle, semblent fixer une identité non-brisée, reconnue comme ce qui pourrait être compris comme une vision stoïcienne de la vie (ataraxie) par quelqu’un qui aurait pu vivre en harmonie avec le cosmos. Pour autant, cette thèse parcourt les dimensions stoico-épicuriennnes de la poétique de Ricardo Reis de façon à surprendre, dans son attachement même à l’Antiquité, le sujet brisé par la modernité. La faillite dans l’effort de taire da douleur, témoignée dans le langage même par le truchement des signes poétiques les plus divers, pointe dans la direction de l’impossibilité de l’apatheia et de l’ataraxie dans la poétique de Ricardo Reis.

Keywords: Ricardo Reis; Fernando Pessoa; Modernité en poésie; Modernité.

Erica Ingrid Florentino Gaião

Título da tese: OS CAMINHOS DO TRÁGICO NA LITERATURA DE LÚCIO CARDOSO: QUATRO TEMPOS DE UM PROJETO ESTÉTICO

Orientador(a): Prof. Dr. Ronaldes de Melo e Souza

Ano da defesa: 2021

Páginas: 194

Resumo

Tomando como referência o trágico enquanto categoria estética, a presente tese de doutorado tem por objetivo confirmar a existência de um fio condutor que
unifica a produção artística de Lúcio Cardoso, tendo como objeto de análise um corpus ficcional composto por diferentes gêneros elaborados pelo autor. Supõe-se que o fio condutor que interliga as obras do ficcionista mineiro estrutura-se a partir da configuração do espaço e da construção de suas personagens, estas dotadas de características específicas, mormente quanto às questões relacionadas ao dilaceramento interior e à morte. Para comprovar tal hipótese tomou-se como referencial ficcional a peça O Escravo (1937), o conto “A escada” (1947), a novela O enfeitiçado (1954) e o romance Crônica da casa assassinada (1959). Obras escritas e publicadas em momentos distintos da trajetória de Lúcio Cardoso, que apresentam elementos comuns no tocante aos espaços e às personagens, embora a estruturação dos enredos seja diferenciada.

Palavras-chave: Literatura brasileira. Lúcio Cardoso. Trágico.

Abstract

Taking as reference the tragic one while aesthetic category, this thesis of has for objective to confirm the existence of a conducting wire that unifies the artistic
production of Lúcio Cardoso, having as analysis object a composed ficcional corpus for different sorts elaborated for the author. It is supposed that the common thread that connects the works of the fiction writer from Minas Gerais is structured from the configuration of space and the construction of his characters, these endowed with specific characteristics, especially with regard to issues related to inner laceration and death. To prove such hypothesis the part was overcome as referencial ficcional the O Escravo (1937), the short story “A escada” (1947), the novel O enfeitiçado (1954) and the romance Crônica da casa assassinada (1959). Workmanships written and published at distinct moments of the trajectory of Lúcio Cardoso. Workmanships written and published at distinct moments of the trajectory of Lúcio Cardoso, that present common elements in regards to the spaces and to the characters, even so the structure of the plots is differentiated.

Keywords: Brazilian literature. Lúcio Cardoso. Tragic.

Francyne França

Título da tese: Procura do Silêncio

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Lucia Guimarães de Faria

Ano da defesa: 2021

Páginas: 141

Resumo

Esta é uma tese que atravessa diversas matérias sem se deter em nenhuma delas. Um percurso vertiginoso que começa nos escombros da ruína discursiva de Haroldo de Campos no livro Galáxias, surpreende a imaginação hesitante de Manuel Bandeira no poema “A realidade e a imagem”, engajando-se então na perseguição ao escapista infalível do livro Quando não estou por perto, de Annita Costa Malufe, até perder-se entre uma nebulosa gráfica e nuvens esparsas na obra de Mira Schendel. Durante a caminhada suscitam-se pensamentos sobre o corpo e os sentidos, a imagem, o som, o silêncio. Esse périplo é acompanhado pelo barroco Prelúdio em Dó menor de Bach, ao sabor de uma expectativa de conclusão que por obra de uma intervenção diabólica jamais realizar-se-á. Tudo isso como uma tentativa de reconhecimento da sensação avassaladora que uma pequena aspirante a pianista certa vez experimentou sob o efeito delirante de seu instrumento. Um passeio poético por ambiências subjetivas, durante o qual o que se procura é o silêncio.

Palavras-chave: imagem; sentido; silêncio; corpo; escuta; Haroldo de Campos; Galáxias; Mira Schendel; objetos gráficos; monocromáticos; Annita Costa Malufe; Quando não estou por perto; Johann Sebastian Bach; Prelúdio em Dó menor BWV 999.

Abstract

This is a thesis that crosses several subjects without looking into any of them. A vertiginous journey that begins with Haroldo de Campos’s discursive ruin in Galáxias, surprises Manuel Bandeira’s hesitant imagination in the poem “A realidade e a imagem”, then engages in the pursuit of the infallible escapist of the book Quando não estou por perto, by Annita Costa Malufe, until it gets lost in a graphic haze and scattered clouds in Mira Schendel’s work. During the walk, thoughts about the body and the senses, the image, the sound, the silence are raised. This tour is accompanied by the baroque Prelude in C minor by Bach, with the expectation of a conclusion that will never be attained due to a diabolic intervention. All this as an attempt to recognize the overwhelming sensation that a small aspiring pianist once experienced under the delirious effect of her instrument. A poetic walk through subjective environments, during which silence is sought.

Keywords: image; sense; silence; body; listening; Haroldo de Campos; Galáxias; Mira Schendel; objetos gráficos; monocromáticos; Annita Costa Malufe; Quando não estou por perto; Johann Sebastian Bach; Prelude in C minor BWV 999.

Gabriel Dottling Dias

Título da tese: Entre Fotografias, Sonhos e Maravilhas: a escrita de Alice em O Fotógrafo e A Rapariga, de Mário Cláudio

Orientador(a): Profª. Drª. Luci Ruas Pereira

Ano da defesa: 2021

Páginas: 90

Resumo

Esta dissertação tem por objetivo elaborar uma leitura crítica do romance O Fotógrafo e a Rapariga (2015), do escritor português Mário Cláudio, levando em conta, na narrativa, a construção da personagem Alice Liddell através de procedimentos que envolvem a questão da memória – o que lhe permite (re)escrever, no romance, a sua própria história. Para isso, será necessário esmiuçar o elaborado jogo narrativo e intertextual que atravessa o romance: uma voz narrativa cindida entre uma performance autoral representada, num primeiro momento, por uma relato atravessado pelo luto diante da morte de seu marido; e, num segundo momento, aquilo que poderíamos chamar de uma despersonalização do sujeito que se metamorfoseia numa outra voz narrativa capaz de rasurar sua própria identidade para narrar as memórias de sua infância e o encontro amoroso com o fotógrafo Charles Dodgson. Para analisar a narrativa, que é tensionada, ora pelo autobiográfico, ora pelo biográfico, de Alice, recorremos a suas memórias, seus sonhos, seus devaneios, suas narrativas e a atualização
de outros textos trazidos como recurso intertextual como modo de se lidar com a própria solidão, tecendo e destecendo uma série de histórias que atravessaram a cultura portuguesa e outras culturas. Para isso, baseamo-nos em reflexões de Hélène Cixous (1986), Georges Didi-Huberman (2010; 2012; 2013a; 2013b; 2015), Maurice Blanchot (1997; 2013), Jacques Derrida (2010), Sigmund Freud (2001; 2011; 2015), Roland Barthes (1994; 2012; 2015) – teóricos que o a narrativa nos convoca a visitar. O objetivo é demonstrar como a obra de Mário Cláudio propõe um diálogo não somente com a história do artista eleito para ser biografado, mas com outros artistas. Cremos poder assim contribuir para os estudos em torno da já vasta obra crítica sobre Mário Cláudio.

Palavras-chave: Narrativa portuguesa contemporânea; Mário Cláudio; O Fotógrafo e a Rapariga; Intertextualidade; Alice no país das Maravilhas; Lewis Carroll.

Abstract

This dissertation intends to elaborate a critical analysis of the the novel O Fotógrafo e a Rapariga (2015), written by Portuguese author Mário Cláudio, considering, in terms of the narrative, the building of the character Alice Liddell through devices that are related to the memory, which allows her to (re)write her own story in the novel. In order to do so, it will be necessary to scrutinize the elaborated narrative and intertextual game that pervades the novel: at first, we see Alice’s voice with an authorial performance building a narrative filled with grief due to the loss of her husband. Then, her voice shifts to the third person, in a process that can be called “depersonalization of the subject”, who metamorphoses in another voice that is able to restore her own identity, so she can tell her childhood memories and the romantic meeting with the photographer Charles Dodgson. In order to analyze the narrative, which alternates an autobiography told by Alice and the biographer’s perspective, we well be approaching her memories, dreams, wanderings, narratives, and the revision of other texts brought as intertextual resources as a way of dealing with solitude, weaving and unweaving a series of stories that crosses the Portuguese culture and others. To accomplish this, we used the reflections of Hélène Cixous (1986), Georges Didi-Huberman (2010; 2012; 2013a; 2013b; 2015), Maurice Blanchot (1997; 2013), Jacques Derrida (2010), Sigmund Freud (2001; 2011; 2015), Roland Barthes (1994; 2012; 2015) – theorists that the narrative invites us to visit. The goal here is to demonstrate how Mário Cláudio’s work proposes a dialog not only with the story of the artist that is the object of the biography, but with other artists too. Therefore, we believe we can contribute to other studies around the critical works about Mário Cláudio.

Keywords: Contemporary portuguesa narrative; Mário Cláudio; O Fotógrafo e a Rapariga; intertextuality; photography; Alice in Wonderland; Lewis Carroll

Humberto Gomes Pereira

Título da tese: Lugares da prostituta em narrativas de João Paulo Borges Coelho e Mia Couto

Orientador(a): Nazir Ahmed Can

Ano da defesa: 2021

Páginas: 192

Resumo

As narrativas de João Paulo Borges Coelho e Mia Couto colocam em cena personagens prostitutas, de diversos contextos, que cedem seus corpos a uma visão política e existencial que se enquadra, de distinto modo, no projeto literário de cada um destes autores. Esta tese tem o objetivo de refletir sobre a importância da prostituta nas narrativas de ambos os escritores. Em um primeiro momento, observando o impacto dessa figura na ficção, na poesia e em outras linguagens de Moçambique, identificaremos algumas obras que focaram a complexa situação da prostituta e de seus contextos de enunciação. Logo depois, centraremos nossa atenção na representação da prostituta inscrita em narrativas curtas de João Paulo Borges Coelho e Mia Couto: o conto “O hotel das duas portas”, que integra a obra Índicos Indícios I: Setentrião (2005a), do primeiro; os contos “Prostituição auditiva”, incluído em Na berma de nenhuma estrada e outros contos (2001), “Joãotónio, no enquanto”, do livro Estórias abensonhadas (2012a), ambos de Mia Couto. Finalmente, veremos como esta personagem se enquadra no romance destes dois autores: Crônica da Rua 513.2 (2006), de João Paulo Borges Coelho, e O último voo do flamingo (2005), de Mia Couto. Fortemente marcadas pelo trânsito das personagens, as prostitutas do corpus parecem estar destinadas a um encontro tenso com seu tempo histórico – elementos que solicitam uma revisitação da história de Moçambique, a qual se constitui como pano de fundo das obras. Com o apoio crítico de estudiosos de literatura moçambicana, especialmente aqueles que analisaram a obra destes autores, e com as contribuições teóricas vindas da Teoria Literária e de outros campos do saber (Mbembe, Santos, Foucault, Bourdieu, entre outros), veremos como a prostituta ocupa uma posição decisiva para entendermos o projeto literário destes dois escritores de Moçambique.

Palavras-chave: João Paulo Borges Coelho, Mia Couto, prostituta, espaço, lugares.

Abstract

The narratives of João Paulo Borges Coelho and Mia Couto put on prostitute characters, from different contexts, who give their bodies to a political and existential vision that fits, in a different way, in the literary project of each of these authors. This thesis aims to reflect on the importance of the prostitute in the narratives of both writers. At first, observing the impact of this figure on fiction, poetry, and other languages in Mozambique, we will identify some works that focused on the complex situation of the prostitute and her enunciation contexts. Soon after, we will focus our attention on the representation of the prostitute inscribed in short story by João Paulo Borges Coelho and Mia Couto: the short story “O hotel das duas portas”, which integrates the work Índicos Indícios I: Setentrião (2005a), of the first; the short story “Prostituição auditiva”, included in Na berma de nenhuma estrada e outros contos (2001), “Joãotónio, no enquanto”, of the book Estórias abensonhadas (2012a), both by Mia Couto. Finally, we will see how this character fits into the novels of these two authors: Crônica da Rua 513.2 (2006), by João Paulo Borges Coelho, and O último voo do flamingo (2005), by Mia Couto. Strongly marked by the transit of the characters, the prostitutes of the corpus seem to be destined for a tense encounter with their historical time – elements that require a revisit of the history of Mozambique, which constitutes a backdrop for these works. With the critical support of Mozambican literature scholars, especially those who analyzed the work of these authors, and with the theoretical contributions coming from Literary Theory and other fields of knowledge (Mbembe, Santos, Foucault, Bourdieu, among others), we will see how the prostitute occupies a decisive position to understand the literary project of these two writers from Mozambique.

Keywords: João Paulo Borges Coelho, Mia Couto, prostitute, space, place

 

Janaina Pedreira Fernandes de Souza

Título da tese: Cartas d’além mar: a referência ao interlocutor em cartas portuguesas dos séculos XIX e XX

Orientador(a): Profª. Drª. Célia Regina dos Santos Lopes

Ano da defesa: 2021

Páginas: 260

Resumo

As formas de referência ao interlocutor têm sido objeto de inúmeras pesquisas no PB, o que permitiu o estabelecimento de um panorama geral sobre o tema na variedade brasileira. Por outro lado, ainda são poucos os estudos, principalmente quantitativos, sobre o tema no PE. No geral, afirma-se que a forma tu é a mais utilizada na variedade europeia, no entanto, o contexto de uso das outras formas de tratamento verbo-pronominais e nominais, principalmente o pronome você, ainda não estão tão bem definidos. Com isso, o objetivo do presente trabalho é analisar as formas de tratamento em cartas portuguesas dos séculos XIX e XX. A hipótese central é a de que a variante verbo-pronominal tu é a mais utilizada no século XX e o pronome você seria menos recorrente na amostra de cartas por ser uma estratégia negativamente marcada. Além disso, postula-se que a rejeição à forma você no PE poderia estar vinculada aos
valores atribuídos à Vossa Mercê no século XIX. Para analisarmos qualitativa e quantitativamente, utilizamos a Sociolinguística Histórica (ROMAINE, 1982; CONDE SILVESTRE, 2007), a Teoria do Poder e da Solidariedade (BROWN e GILMAN, 1960) e a Teoria de Redes Sociais (Social Network) (MILROY, 1992; 1992b; BERGS, 2005). Em nossa análise, observamos, de forma geral, que a forma Vossa Mercê foi a mais utilizada no século XIX, principalmente na esfera privada não-familiar e o tu foi a mais frequente na esfera privada familiar do século XIX e no corpus do século XX. O você apresentou-se pouquíssimo frequente no século XIX, tendo tido um aumento de dados no século XX, mas ainda se mostrou bem menos frequente que a forma tu neste período. Fatores como
o tipo de relação estabelecida pelos interlocutores, bem como a temática das cartas, o nível de proximidade e/ou distanciamento entre os missivistas se mostram preponderantes para o uso das formas.

Palavras-chave: Formas de tratamento, Português Europeu, Sociolinguística Histórica, Cartas Portuguesas, Vossa Mercê.

Abstract

The forms of reference to the interlocutor have been the object of researches (both qualitative and quantitative) in BP, which allowed the establishment of a general panorama on the theme in the Brazilian variety. On the other hand, there are still few studies, mainly quantitative, on the topic in the EP. In general, it is said that the tu form is the most used in the European variety, however, the context of use of other forms of verb-pronominal and nominal treatment, especially the pronoun você, is still not so well defined. Thus, the objective of this work is to analyze the forms of treatment in Portuguese letters from the XIX and XX centuries. The central hypothesis is that the verb-pronominal variant tu is the most used in the XX century and the pronoun você would be less recurrent in the sample of letters because it is a negatively marked strategy. Furthermore, it is postulated that the rejection of the form you in the EP could
be linked to the values ​​attributed to Vossa Mercê in the XIX century. To analyze qualitatively and quantitatively, we used Historical Sociolinguistics (ROMAINE, 1982; CONDE SILVESTRE, 2007), the Theory of Power and Solidarity (BROWN and GILMAN, 1960) and the Theory of Social Networks (Social Network) (MILROY, 1992; 1992b; BERGS, 2005). In our analysis, we observe, in general, that the Vossa Mercê form was the most used in the XIX century, mainly in the non-family
private sphere and the tu was the most frequent in the XIX century private family sphere and in the XX century corpus. The you were very infrequent in the XIX century, having had an increase in data in the XX century, but it was still much less frequent than the tu form in this period. We have seen that factors such as the type of relationship established by the interlocutors, as well as the theme of the letters, the level of proximity and/or distance between the letter writers are preponderant factors for the use of forms.

Keywords: Forms of treatment, European Portuguese, Historical Sociolinguistics, Portuguese Letters, Vossa Mercê

Juliana Magalhães Catta Preta de Santana

Título da tese: A concordância verbal e o acusativo anafórico de terceira pessoa: status de avaliação social na norma urbana jovem do Rio de Janeiro.

Orientador(a): Profª. Drª. Silvia Rodrigues Vieira

Coorientador: Prof. Dr. Marcelo Alexandre Silva Lopes de Melo

Ano da defesa: 2021

Páginas: 161

Resumo

Esta pesquisa investiga e compara a avaliação social relativa a dois fenômenos da língua portuguesa, a concordância verbal de terceira pessoa do plural e o acusativo anafórico de terceira pessoa. Ambos são investigados na perspectiva da comunidade de fala do Rio de Janeiro, com base na conceituação de Labov (2006 [1966]; 2008 [1972]), mais especificamente considerando a avaliação de jovens cariocas na faixa etária de 15 a 18 anos com nível de escolaridade médio, isto é, adolescentes da cidade em período escolar regular – jovens que constituem a norma urbana média carioca, de acordo com a classificação proposta por Lucchesi (2015). A partir dos fundamentos teóricos da Sociolinguística Variacionista, postulada por Weinreich, Labov e Herzog (2006 [1968]), e das contribuições de autores interessados particularmente no domínio da avaliação linguística (Oushiro, 2015a; 2015b; Melo, 2017; entre outros), tais fenômenos foram selecionados sob a hipótese de serem avaliados, respectivamente, como um estereótipo e um marcador linguístico, nos termos de Labov (2008 [1972]).

Tendo em vista a constituição desigual das variáveis selecionadas para este estudo, no sentido de serem uma de natureza binária (concordância verbal) e outra eneária (acusativo anafórico), adota-se a decisão metodológica de nivelar ambos os fenômenos a uma abordagem de investigação binária, na tentativa de traçar um paralelo entre os status sociais possivelmente atribuídos a suas variantes. Para isso, contemplamos exclusivamente as variantes consideradas padrão e não padrão de cada fenômeno, de acordo com estudos anteriores, uma vez que estas têm sido descritas como variantes “de prestígio” ou “de estigma” social, segundo a literatura da área em maior parte baseada em resultados de usos (ou não usos) linguísticos. Dessa forma, analisamos as variantes da concordância verbal com marca explícita de plural (concordância padrão) e sem essa marca (concordância não padrão) e as variantes do acusativo anafórico supostamente mais salientes à avaliação social: o clítico acusativo, considerada como variante padrão, por vezes caracterizada como “de prestígio” e o pronome lexical, considerada como variante não padrão, por vezes caracterizada como de “estigma”.  Amparada nas bases teórico-metodológicas que fundamentam esta pesquisa, estabeleceram-se dois momentos distintos de investigação.

Em um primeiro momento, realizou-se uma investigação-piloto, na tentativa de verificar a pertinência das hipóteses iniciais do trabalho, mais especificamente no que tange às variantes consideradas não padrão de cada fenômeno. Os resultados preliminares alcançados com esta experiência-piloto viabilizaram contribuições valiosas, em termos qualitativos, aos objetivos desta pesquisa. A partir dessa experiência, procedeu-se ao segundo momento desta investigação: a elaboração e aplicação de testes de avalição. Foram elaborados dois testes, relativos a um e outro fenômeno, contendo sentenças-estímulos a serem julgadas pelos participantes da pesquisa. Nesta pesquisa de avaliação, foram contemplados participantes representativos da variedade urbana carioca na faixa etária de 15 a 18 anos de idade, cursando o ensino médio em três unidades distintas de uma única instituição escolar, a saber, as unidades das localidades Tijuca, Méier e Madureira. Os resultados dos testes apontaram avaliações particulares a cada variante de cada fenômeno. Observou-se um padrão único de avaliação sobre as variantes da concordância verbal pelos participantes das três unidades abordadas e avaliações distintas sobre as variantes do acusativo anafórico, dentre as quais se destacou o comportamento avaliativo dos participantes da unidade Madureira em comparação com o comportamento das demais localidades, Méier e Tijuca, que se mostraram mais próximas. A descrição das circunstâncias sócio-urbanísticas que envolvem as regiões em questão, em meio a estruturação social da cidade do Rio de Janeiro, foi ressaltada, na tentativa de melhor compreender e interpretar os resultados obtidos. Assim, a análise e interpretação dos resultados dos testes de avaliação indicaram os prováveis status da variante não padrão da concordância como um estereótipo linguístico; da variante padrão como um marcador; e de ambas as variantes do acusativo anafórico como marcadores linguísticos.

Palavras-chave: Avaliação linguística. Português carioca. Concordância verbal. Acusativo anafórico. Significados sociais das variantes.

Abstract

This research investigates and compares the social evaluation related to two phenomena of the Portuguese language, the third person plural verb agreement and the third person anaphoric accusative. Both are investigated from the perspective of the speech community of Rio de Janeiro, based on the conceptualization of Labov (2006 [1966]; 2008 [1972]), more specifically considering the linguistic evaluation of young people from Rio de Janeiro aged between 15 and 18 years old, at high school education. In other words, city’s teenagers in regular school term, who constitute the middle urban norm in Rio, according to the  classification proposed by Lucchesi (2015). Based on the theoretical foundations of Variationist Sociolinguistics, developed by Weinreich, Labov and Herzog (2006 [1968]), and on the contributions of authors particularly interested in the field of linguistic assessment (Oushiro, 2015a; 2015b; Melo, 2017; among others), such phenomena were selected under the hypothesis of being evaluated, respectively, as a stereotype and a linguistic marker, in the terms of Labov (2008 [1972]).
Considering the unequal constitution of the variables selected for this study, in the sense that one is binary (verbal agreement) and the other is eneary (anaphoric accusative), it was adopted the methodological decision of leveling both phenomena to a binary investigation approach, in an attempt to draw a parallel between the social statuses attributed to its variants.  In order to do that, in this research we exclusively contemplate the variants considered standard
and non-standard of each phenomenon, as reported by previous studies, since these have been described as “prestige” or “social stigma” variants, according to the literature in the area, which are mostly based on linguistic uses (or non-uses) findings. Thus, in this research, we analyzed the variants of verbal agreement with explicit plural mark (standard agreement) and without the number mark (non-standard agreement), and the more socially marked variants of the anaphoric accusative, more salient to social evaluation as state in the literature: the accusative clitic, considered as a standard variant, sometimes characterized as a “prestige” form, and the lexical pronoun, considered as a non-standard variant, sometimes characterized as a “stigma” form. Supported by the theoretical-methodological bases that substantiate this research, two distinct moments of investigation were established. At first, a pilot investigation was conducted, as to verify the relevance of the initial hypotheses of the investigation, more specifically with regard to the variants considered non-standard of each phenomenon. The preliminary results achieved with this pilot experience enabled valuable contributions, in qualitative terms, to the objectives of this study. From this experience, the second moment of this investigation was executed: the elaboration and application of evaluation tests. Two tests were developed, related to the phenomenon variants, containing stimulus sentences to be judged by the research participants. This evaluation research considered participants representing the urban variety of Rio de Janeiro, in the age group of 15 to 18 years old, attending high school in three different units of a single school institution, the units of Tijuca, Méier and Madureira. The tests results pointed to particular evaluations of each variant of each phenomenon. There was a single pattern of evaluation for the variants of verbal agreement by the participants of the three units addressed and different evaluations for the variants of the anaphoric accusative, among which the evaluative behavior of the participants of Madureira stood out in comparison with the behavior of the other locations, Méier and Tijuca, which were socially closer. The description of the socio-urban circumstances that involve the regions in question, in terms of the social structuring of the city of Rio de Janeiro, was highlighted, in order to better understand and explain the results obtained. Thus, the analysis and interpretation of the assessment tests results indicated the probable status of the non-standard variant of agreement as a linguistic stereotype; of the standard variant as a marker; and of both variants of the anaphoric accusative as linguistic markers.

Keywords: Linguistic evaluation. Portuguese of Rio de Janeiro. Verb agreement. Anaphoric accusative. Social meanings of variants.

Luciana de Oliveira Mangueira

Título da tese: O Tejo, Esse Mar Interior (a escrita do campo português em Alves Redol, José Saramago e José Saramago e José Luís Peixoto

Orientador(a): Profª. Drª. Gumercinda Nascimento Gonda.

Ano da defesa: 2021

Páginas: 260

Resumo

A partir da leitura dos romances Gaibéus (1939), de Alves Redol, Levantado do chão (1980), de José Saramago e Nenhum olhar (2000), de José Luiz Peixoto, esta tese pretende ser um estudo sobre o Alentejo português a partir da perspectiva da forma, que precede os escritos desses três autores, e do conteúdo, espaço de reflexão sobre as vivências e lutas do homem alentejano. Os romances foram escolhidos, porque representam, cada um a seu tempo, o universo do campo português e suas necessidades sociais junto ao contexto histórico em que estão inseridos. Com um recorte temporal que vai do Neorrealismo à literatura que se tem feito nos nossos dias em Portugal, o Alentejo é visitado e analisado de forma a revelar uma possível identidade rural portuguesa, assim como observar os movimentos de luta no latifúndio. O trabalho do escritor é discutido de maneira a entender seu papel como intelectual atuante, mas fundamentalmente como artista que escreve a realidade portuguesa sob a ótica do autor preocupado com o fazer narrativo. A forma adotada nas obras é objeto de estudo da presente tese, assim como o que move cada autor nessa escrita do Alentejo.

Palavras-chave: Alves Redol. Gaibéus. Saramago. Levantado do chão. José Luís Peixoto. Nenhum olhar. Neorrealismo. Além Tejo. Literatura Portuguesa.

Abstract

Based on the reading of the novels Gaibéus (1939), by Alves Redol, Levantado do chão (1980), by José Saramago and Nenhum olhar (2000), by José Luiz Peixoto, this thesis intends to be a study of the Portuguese Alentejo from the perspective of form, which precedes the writings of these three authors, and of content, space for reflection on the experiences and struggles of the Alentejo man. The novels were chosen because they represent, each in its own time, the universe of the Portuguese countryside and its social needs in the historical context in which they are inserted. With a time frame ranging from Neorealism to literature that has been done in Portugal today, the Alentejo is visited and analyzed in order to reveal a possible Portuguese rural identity as well as observe the struggle movements in the latifundium. The writer’s work is discussed in order to understand his role as an active intellectual, but fundamentally as an artist who writes the Portuguese reality from the perspective of the author concerned with making narratives. The form adopted in the works is the object of study of this thesis, as well as what moves each author in this writing of Alentejo.

Keywords: Alves Redol. Gaibéus. Saramago. Levantado do chão. José Luís Peixoto. Nenhum olhar. Neorealism. Além Tejo. Portuguese Literature.

Ludwig Ferreira Araujo

Título da tese: Entre letras e canetas: a magia da bola

Orientador(a): Prof. Dr. Godofredo de Oliveira Neto

Ano da defesa: 2021

Páginas: 238

Resumo

O objetivo do presente trabalho é, em um primeiro momento, desvendar e desmistificar as dificuldades de abordar o futebol como temática no romanceiro nacional. Tomando por base a relação entre a história do futebol, a História oficial e a estética literária. Embora traço determinante da identidade brasileira, principalmente nas classes populares, o futebol ainda desperta pouco interesse em escritores e editores de uma maneira geral. Dessa forma, nosso estudo especula as causas primordiais desse desinteresse e o porquê de outras áreas dos estudos sociais e humanos já o colocarem como centro em alguns debates. Nosso estudo ainda se aprofunda na confrontação entre o futebol (enquanto esporte, carregar em seu lastro um quê de ficção, sendo um dos poucos em que a imprevisibilidade faz parte de seu próprio contexto) e a narrativa ficcional (que não consegue apreender a ficcionalidade do jogo sem resvalar na realidade empírica). Em suma, nossa proposta é analisar os caminhos do futebol na ficção brasileira com um recorte entre os anos 1980 e 2020.

Palavras-chave:futebol; futebol-arte; ficção; literatura; brasilidade; história.

Abstract

The objective of this work is, at first, to unravel and demystify the difficulties of approaching football as a theme in the national novelist. Based on the relationship between football history, official history and literary aesthetics. Although it is a determining feature of Brazilian identity, especially in the popular classes, soccer still arouses little interest in writers and publishers in general. In this way, our study speculates the root causes of this lack of interest and why other areas of social and human studies have already put it at the center of some debates. Our study still goes deeper into the confrontation between football (as a sport, carrying on its ballast a bit of fiction, being one of the few in which unpredictability is part of its own context) and the fictional narrative (which fails to apprehend the fictionality of the game without slipping into the empirical reality). In short, our proposal is to analyze the paths of football in Brazilian fiction with a cut between the 1980s and 2020.

Keywords: football, soccer art, fiction, literature, brazilianness, history

 

Luiz Felipe da Silva Durval

 Título da tese: A abordagem dos sinais de pontuação pelo viés sintático: diagnose e contribuições para o ensino

Orientador(a): Profª. Drª. Silvia Rodrigues Vieira

Ano da defesa: 2021

Páginas: 117

Resumo

Este trabalho tem como objetivos fazer uma diagnose dos problemas relacionados a pontuação e sintaxe nos textos de alunos egressos da Educação Básica e contribuir para o ensino da pontuação, sugerindo encaminhamentos metodológicos para uma abordagem do tema pelo viés sintático. O enfoque desta pesquisa está no uso do ponto e da vírgula, ou seja, sinais com função de sequencialização, aqueles responsáveis pela segmentação da linearidade da escrita, pela delimitação de estruturas sintáticas. Toda a investigação se desenvolveu em observação aos estudos sobre pontuação de Catach (1980), Nunberg (1990) e Dahlet (2006), assumindo a perspectiva dos sinais de nível de frase como operadores sintático-semânticos. A partir de análises quantitativa e qualitativa de dados levantados de textos dissertativos-argumentativos produzidos por vestibulandos, mapeamos os contextos em que ocorrem usos de ponto e de vírgula não previstos nos compêndios gramaticais, buscando compreender as motivações para tais desvios. Resultados mostram que o domínio do sistema pontuacional está intimamente relacionado a outras habilidades necessárias para a produção textual. A análise aponta também para a influência da língua oral sobre o uso da vírgula e para a necessidade do desenvolvimento de uma consciência metacognitiva acerca da sintaxe da língua para que se pontue bem.
Com base nessa diagnose, propusemos um caminho didático-pedagógico para um ensino produtivo dos sinais de sequencialização. As propostas para o ensino consideram a abordagem reflexiva da gramática e a relação gramática-texto, com base em estudos como Vieira (2014, 2018), Pilati (2017), Franchi (2006), Neves (2006), Pauliukonis (2013), Pires de Oliveira e Quarezemin (2016), Roeper, Maia e Pilati (2020), entre outros.

Palavras-chave: pontuação, ensino de gramática, sintaxe.

RÉSUMÉ

Les objectifs de cette recherche sont de faire un diagnostic des problèmes autour de la ponctuation et de la syntaxe, dans les textes des élèves diplômés du secondaire, et de contribuer à l’enseignement de la ponctuation en proposant des orientations méthodologiques pour une approche syntactique. Cette recherche se concentre sur l’utilisation de la virgule et du point, c’est-à-dire des signes de ponctuation qui ont la fonction de séquencement, responsables de segmenter la linéarité de l’écriture et délimiter des structures syntaxiques. L’ensemble du diagnostic a été élaboré grâce aux études sur la ponctuation de Catach (1980), Nunberg (1990) et Dahlet (2006), qui supposaient que les signaux au niveau de la phrase sont des opérateurs syntaxiques-sémantiques. À partir
d’une analyse quantitative et qualitative des données recueillis des textes des élèves diplômés, nous avons catégorisé les contextes dans lesquels on peut trouver des utilisations de la virgule et du point. Parmi ces données, nous avons aperçu des exemples qui ne sont pas prévues dans les manuels de grammaire. Ensuite, nous essayons de comprendre les motivations de tels écarts. Les résultats montrent que la maîtrise du système de ponctuation est étroitement liée à d’autres compétences nécessaires à la production textuelle. L’analyse souligne également l’influence du langage oral sur l’utilisation des virgules et la nécessité de développer une conscience métacognitive de la syntaxe de la langue pour l’utilisation correcte des signes de ponctuation. Ce diagnostic nous a permis de proposer un parcours didactique-pédagogique pour un enseignement productif de la virgule et du point. Les propositions d’enseignement considèrent l’approche réflexive de la grammaire et la relation grammaire-texte, basé sur des études de Vieira (2014, 2018), Pilati (2017), Franchi (2006), Neves (2006), Pauliukonis (2013), Basso et Oliveira (2012), Pires de Oliveira et Quarezemin (2016), Roeper, Maia et Pilati (2020), entre autres.

Mots-clés: ponctuation, enseignement de la grammaire, syntaxe.

 

Luzia de Cassia Almeida Passos da Silva

Título da tese: A Representação da Mulher Política nas Capas da Veja: uma análise semiolinguística

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Aparecida Lino Pauliukonis.

Ano da defesa: 2021

Páginas: 165

Resumo

Nesta pesquisa, buscaremos discutir à luz da Análise do Discurso, na corrente da Teoria Semiolinguística de Patrick Charaudeau (2006), e da Teoria Semiótica Social Multimodal, tomando como aporte teórico a Gramática do Design Visual de Kress e Van Leeuwen (2006), como o diálogo entre linguagem verbal e linguagem não verbal nas capas da revista Veja ajuda na construção de sentido e como as ações do sujeito comunicante nos processos de transação e transformação do contrato comunicativo ajudam a construir ou desconstruir a imagem da mulher política. Estudos de Patrick Charaudeau (2006) demonstram que na instância midiática, o discurso tem a intenção de informar e persuadir, sendo assim, o produtor de uma capa de revista pode escolher recursos imagéticos e lexicais para direcionar a informação e possibilitar a construção de uma imagem do participante representado capaz de causar algum juízo de valor no observador. Para este trabalho, analisamos capas da revista Veja com mulheres políticas no período de 1974 a 2017. Entende-se aqui como mulheres políticas as mandatárias dos poderes executivos e legislativos, as candidatas aos cargos dos poderes executivos e legislativos, e as primeiras-damas.

Palavras-chave: Semiolinguística, Multimodalidade, Capa de revista, Imagem, Mulher.

Abstract

In this research, we will seek to discuss in the light of Discourse Analysis, in the current of Patrick Charaudeau’s Semiolinguistic Theory (2006), and of Multimodal Social Semiotic Theory, taking as a theoretical contribution the Grammar of Visual Design of Kress and Van Leeuwen (2006), as the dialogue between verbal and non-verbal text on the covers of Veja magazine makes meanings and how the actions of the communicating subject in the processes of transaction and transformation of the communicative contract can construct or deconstruct the image of the political woman. Studies by Patrick Charaudeau (2006) demonstrate that in the media, the discourse is intended to inform and persuade, so the producer of a magazine cover can choose imagery and lexical resources to direct the information and enable the construction of an image of the represented participant capable of causing some value judgment in the observer. For this work, we analyzed the covers of Veja magazine with women politicians from 1974 to 2017. Here we understand as women politicians the representatives of the executive and legislative branches, the candidates for the positions of the executive and legislative branches, and the first ladies.

Keywords: Semiolinguistics, Multimodality, Magazine cover, Image, Woman

Manuella Carnaval

Título da tese: Focalização no Português do Brasil: um estudo multimodal

Orientador(a): Prof. Dr. João Antônio de Moraes

Coorientador(a): Prof. Dr. Albert Olivier Blaise Rilliard

Ano da defesa: 2021

Páginas: 304

Resumo

Esta pesquisa visa descrever a focalização prosódica como um fenômeno multimodal no português do Brasil, com base na percepção auditiva e visual. Nesta abordagem, os seguintes tipos de foco são considerados: (a) em enunciados assertivos: (i) foco informacional, uma resposta a uma pergunta anterior, fornecendo informação nova; (ii) foco contrastivo, uma correção em relação a uma informação prévia considerada como falsa; (iii) foco atenuado, em que o falante propõe uma solução alternativa em relação a uma informação anterior; (b) em enunciados interrogativos: (i) foco interrogativo neutro, em que uma informação nova é requisitada; (ii) foco com estranheza, em que se lança dúvida sobre uma informação prévia no discurso. Considerando estes contextos, nosso principal objetivo é investigar a relação entre pistas acústicas e visuais em um modelo de percepção multimodal, uma vez que a expressão facial tem sido apontada como relevante para a percepção de proeminências. Este estudo também considera a extensão do constituinte focalizado, abordando o foco estreito e o foco amplo como categorias gradientes. Em uma primeira etapa, para a construção do corpus, 8 falantes brasileiros (4 masculinos, 4 femininos, na variedade carioca) foram gravados audiovisualmente, ao produzir o enunciado “O professor de Literatura vai aplicar a prova final”, pronunciado com cada um dos cinco tipos de foco nos seguintes constituintes: (i) O professor, (ii) de literatura, (iii) vai aplicar, (iv) a prova, (v) final, (vi) O professor de literatura, (vii) a prova final, (viii) todo o enunciado. Em uma segunda etapa, conduzimos experimentos perceptivos para avaliar a relevância de pistas acústicas e visuais na identificação dos tipos de foco especificados, assim como na identificação da extensão dos constituintes focalizados na estrutura prosódica. Como última etapa, utilizamos a técnica de análise pela (res)síntese para descrever os parâmetros acústicos e visuais de relevância perceptiva para a identificação dos tipos de foco mencionados. Os resultados mostram que, em geral, os padrões focais são perceptivamente identificados, tanto na modalidade auditiva quanto na modalidade visual, e que a contribuição das informações visuais é de complexa definição, dependendo do tipo de foco produzido. Além disso, foi verificado que o foco estreito é perceptivamente mais efetivo do que o foco sobre constituintes de maior extensão. Por fim, o método de análise pela (res)síntese nos permitiu desenvolver uma descrição acústica e visual dos tipos de foco analisados, com base na relevância perceptiva dos parâmetros identificados.

Palavras-chave: Focalização. Prosódia Audiovisual. Português do Brasil.

Abstract

This research describes prosodic focalization as a multimodal phenomenon in Brazilian Portuguese (BP), based on perception. The following types of focus are considered: (a) in affirmative sentences: (i) informational focus (answer to a previous question, conveying new information); (ii) contrastive (strong) focus, (correction of an information considered wrong); (iii) attenuated (weak) focus (proposition of an alternative solution to previous information); (b) in interrogative sentences: (i) interrogative focus (a new information is requested in the question); (ii) surprise focus, (one casts doubt on a previous information). Considering these contexts, the main goal is to evaluate the relation between acoustic and visual signals in a crossmodal perception model, since the facial expression has been pointed out as relevant to prominence perception. This study also takes into account the extension of the focalized item, considering narrow and broad focuses as gradient categories. The corpus consists in productions by 8 Brazilian speakers (4 females, carioca variety) audiovisually recorded while uttering the sentence “O professor de Literatura vai aplicar a prova final” (The Literature professor will give the final test), performing the five types of focus, on the following elements: (i) O professor, (ii) de literatura, (iii) vai aplicar, (iv) a prova, (v) final, (vi) O professor de literatura, (vii) a prova final, (viii) the entire sentence. A perceptual evaluation of the relative role of acoustic and visual cues in identifying these focus types was conducted, as well as potential restrictions on the listener’s capacity to identify the length of the focused structure. An analysis by synthesis technique was used to describe the discriminant acoustic and facial parameters for the identification of these various focus types. Results showed that the different focalization patterns are perceptually identified through both acoustic and visual modalities, and that the role of the visual modality depends on focus type. The perception of focus on narrow elements was more efficient than on larger ones. Finally, the analysis by synthesis method allowed us to develop an acoustical and visual description of the focus types, based on the perceptually relevant parameters identified.

Keywords: Focalization. Audio-visual prosody. Brazilian Portuguese

Marco Antonio Fuly

Título da tese: Ethos na narrativa de José Luandino Vieira o lado de dentro de outro mundo

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Teresa Salgado Guimarães da Silva

Ano da defesa: 2021

Páginas: 146

Resumo

Esta tese investiga o ethos na narrativa do escritor angolano José Luandino Vieira. O tema ganha densidade quando analisado a partir da relevância que a obra luandina confere à íntima relação do ser com o espaço que ocupa/transita e desse espaço com o ser. Tal simbiose, a considerar a dimensão do sensível legitimada na proposta literária do referido escritor, coloca em relevo a figura do ente angolano, morador de musseque, e que, na orientação da ideologia da administração colonial portuguesa em Angola, viu-se relegado à margem da condução social. Partindo do entendimento de que o ethos, no seu sentido primário, conforme Lima-Vaz (1993), está relacionado com o espaço que o homem habita e ali desenvolve seus hábitos e costumes, percebemos que o projeto literário de Luandino Vieira subverteu a lógica do sistema dominante e jogou luz no mundo do colonizado; valorizou o ser e o espaço. Por extensão, legitimou o musseque como espaço da resistência cultural e linguística naquele contexto de colonização dentro do país. Ou seja, um topônimo que se elevou como guardião da memória ancestral africana e que possibilitou a manifestação do jeito de ser, de viver, de falar, de sentir, de pensar e de agir do homem comum do povo angolano; o ser de exceção. Ademais, esse escritor, condenado a quatorze anos de prisão em regime fechado, devido ao seu engajamento na causa da independência angolana, fez daquele lugar o seu laboratório de escrita e revolucionou o modo de fazer e de entender a literatura angolana. O ethos da sua narrativa constitui-se, assim, em um mergulho profundo que a obra faz no lado de dentro de outro mundo… O mundo do musseque de Angola, esse que foi assentado nos valores da tradição cultural africana

Palavras-chave: ethos – ser – espaço – messeque – cultura

Abstract

Esta tesis investiga el ethos en la narrativa del escritor angoleño José Luandino Vieira. Este tema gana densidad cuando se analiza desde la relevância que la obra luandina confiera a La relación íntima del ser con el espacio que ocupa/transita y de esse espacio con el ser. Tal simbiosis considerando la dimensión de lo sensible legitimada en la propuesta literária del referido escritor, resalta la figura del ser angoleño, que vive en musseque, y que, en la orientación de la ideologia de la administración colonial portuguesa en Angola, se vio dejado en la margen de la conducción social. A partir de la comprensión de que el ethos, en su sentido primario, según Lima-Vaz (1993), está relacionado con el espacio que el hombre habita y desarrolla allí sus hábitos y costumbres, nos damos cuenta de que el proyecto literario de Luandino Vieira subvertió la lógica del sistema dominante y arrojar luz sobre el mundo colonizado; valoro el ser y el espacio. Por extensión, legitimó el musseque como un espacio de resistencia cultural y linguística en ese contexto de colonización dentro del país. O sea, un topónimo que se ha erigido como guardián de la memoria ancestral africana y habilitó la manifestación de su forma de ser, vivir, hablar, sentir, pensar y actuar del hombre común del pueblo angoleño; el ser de excepción. Además, este escritor, condenado a catorce años de prisión en régimen cerrado, por su implicación en la causa de la independencia angoleña, hizo de ese lugar su laboratorio de escritura y revolucionó la forma de hacer y entender la literatura angoleña. El ethos de su narrativa constituye así una inmersión profunda que la obra realiza en el interior de otro mundo… El mundo del musseque de Angola, aquel que se basó en los valores de la tradición cultural africana.

Keywords: ethos– ser – espacio – musseque – cultura

Maria Silva Prado Lessa

Título da tese: A Obra ou A Vida: a figura do poeta e a aventura da experiência poética de Mário Cesariny

Orientador(a): Prof. Dr. Carlos Alexandre Victório Gonçalves

Ano da defesa: 2021

Páginas: 179

Resumo

O sentido da experiência poética de Mário Cesariny não se limita à produção de artefatos, mas se alarga rumo a uma muito surrealista integração da atuação vital encarnada pelo poeta. Parte- se, assim, da necessidade de reconsiderar a obra cesarinyana sob uma ótica expandida, tomando aquilo que se realiza, performaticamente, no corpo do artista como parte de um projeto poético- vital. Os objetivos da tese são definir os processos diversos de elaboração de uma figura de poeta ao longo de décadas de atividade pública e deslindar os modos possíveis para a (re)integração do autor no discurso crítico voltado para a sua obra. O primeiro passo é propor uma expansão da ideia de poeta, para além da escrita de versos e do “trabalho” poético. O passo seguinte consiste em analisar as articulações críticas, biográficas e mitográficas entre a produção de um poeta e a postura que assume diante do mundo. O passo final busca ir além seja de uma leitura limitada a uma abordagem biografista e psicologizante da sua obra, seja de um discurso crítico que advogue pelo total desaparecimento do autor, desenvolvendo um modo de falar de uma experiência vital de aventura poética que se encontra em Cesariny. Analisado ao longo das três partes da tese, o corpus reúne objetos tão variados quanto poemas (poesia escrita, pinturas, desenhos e colagens) da sua autoria, entrevistas, cartas e depoimentos seus e uma seleção de objetos provindos do arquivo material das suas práticas incorporadas, como fotografias e filmes, produzido por diferentes artistas e críticos que buscaram registrar a sua atuação poética.

Palavras-chave: Mário Cesariny; figura do poeta; autoria; performance; surrealismo.

Abstract:

The meaning of Mário Cesariny’s poetic experience is not limited to the production of objects, but is expanded towards an integration of the vital action embodied by the poet, in a surrealist sense. Our starting point is to reconsider his oeuvre from an expanded perspective, taking what is performed in the artist’s body as part of a poetic-vital project. We seek to define the diverse processes of creation of a poet figure over decades of public activity. Moreover, we try to unravel some of the many ways the critical discourse focused on his oeuvre can (re)integrate the author. Our first step is to suggest an expansion of the idea of ‘poet’, beyond the writing of verses and the idea of a poetic ‘work’. Our next step is to analyze the critical, biographical and mythographic articulations between the production of a poet and the attitude he assumes towards the world. Our final step reaches beyond a reading practice limited to a biographical and psychologizing approach to his work, and also beyond a critical discourse that advocates for the total disappearance of the author. We will then develop a new way of speaking about the vital experience of the poetic adventure that is found in Cesariny. Analyzed over the three parts of this dissertation, the corpus is composed of varied objects such as poems (written poetry, paintings, drawings and collages), letters, interviews and testimonies, together with a selection of objects pertaining to the material archive of his incorporated practices, such as photographs and films, produced by different artists and critics who sought to register his poetic performance.

Keywords: Mário Cesariny; poet figure; authorship; performance; surrealism.

Robson Borges Rua

Título da tese: Uma abordagem cronstrucionista para o padrão idiomático [Suj DARflex uma de X].

Orientador(a): Profª. Drª. Maria Lúcia Leitão de Almeida

Ano da defesa: 2021

Páginas: 124

Resumo

Nessa tese, direciona-se o foco para a discussão acerca de padrões idiomáticos no Português Brasileiro, a considerar as abordagens da Linguística Cognitiva, mais especificamente, a Gramática de Construções, como o modelo de análise para o referido fenômeno. Propõe-se que o padrão em estudo, [Suj DARflex uma de X], doravante [Ele deu uma de construcionista], assume o status de uma construção gramatical do português, a qual é motivada por meio de relações de herança vertical, além de combinar parte de suas propriedades com padrões construcionais já existentes na língua. No que diz respeito ao procedimento metodológico, realizou-se uma coleta de dados no banco de dados Corpus Brasileiro, do qual foram extraídas 79 ocorrências de instanciações da construção em estudo. Uma análise minuciosa desses dados, em seu contexto de uso, possibilitou a identificação de interrelações entre o objeto de investigação dessa tese e diversas construções presentes no léxico, sustentando, assim, um dos pressupostos da Gramática de Construções: a língua é organizada e estruturada em formato de rede (GOLDBERG, 1995, 2006; DIESSEL, 2015, 2019). Desenvolveu-se descrições da construção em tela, tanto do polo formal, quanto funcional. Em relação ao primeiro, percebeu-se que a construção apresenta agrupamentos específicos em sua sintaxe, configurando-a como, de fato, um padrão de baixa composicionalidade; ao passo que em relação ao segundo, observou-se que, em termos semântico/pragmático, a construção, em estudo, ora se apresenta de forma mais geral, em que um agente é apenas correlacionado a uma categoria prototípica, ora se apresenta de forma mais específica, possibilitando o agente a fazer uso do ato de ludibriar a alguém em determinados contextos. Com a possibilidade de explicar a funcionalidade e a formação de construções de baixa composicionalidade no português brasileiro, essa tese sinaliza para uma reconfiguração na agenda de pesquisas, referentes à área da linguagem, nesse idioma, em que a construção em estudo possa receber a mesma atenção que é dada a padrões regulares.

Palavras-chave: Padrões idiomáticos, Português Brasileiro, Construção Gramatical, dados.

Abstract

In this thesis, the focus is directed to the discussion about idiomatic patterns in Brazilian Portuguese, to consider the approaches of Cognitive Linguistics, more specifically, the Grammar of Constructions, as the model of analysis for the referred phenomenon. It is proposed that the standard under study, [Suj DARflex uma de X], henceforth [He gave a constructionist], assumes the status of a grammatical construction of Portuguese, which is motivated through vertical inheritance relationships, in addition to combine part of its properties with existing construction standards in the language. With regard to the methodological procedure, data collection was performed in the Corpus Brasileiro database, from which 79 instances of instantiations of the construction under study were extracted. A thorough analysis of these data, in their context of use, enabled the identification of interrelationships between the object of investigation of this thesis and several constructions present in the lexicon, thus supporting one of the assumptions of the Grammar of Constructions: the language is organized and structured in network format (GOLDBERG, 1995, 2006; DIESSEL, 2015, 2019). Descriptions of the construction on canvas were developed, both for the formal and the functional pole. In relation to the first, it was noticed that the construction presents specific groupings in its syntax, configuring it as, in fact, a low compositionality pattern; whereas in relation to the second, it was observed that, in semantic / pragmatic terms, the construction, under study, sometimes presents itself more generally, in which an agent is only correlated to a prototypical category, sometimes it presents itself in a more specific, enabling the agent to make use of the act of deceiving someone in certain contexts. With the possibility of explaining the functionality and the formation of low compositional constructions in Brazilian Portuguese, this thesis signals a reconfiguration in the research agenda, referring to the area of language, in that language, in which the construction under study can receive the same attention which is given to regular standards. Mais sobre o texto original

Keywords: Idiomatic patterns, Brazilian Portuguese, Grammatical Construction, data.

Stephanie Valle de Souza Chalfun

Título da tese: “Dá aula junto com a prof de português”, “A gente aprende em dobro” – Do conhecimento implícito ao explícito: uma abordagem acerca da ordem do sujeito e da concordância verbal no contexto escolar

Orientador(a): Profª. Drª. Silvia Rodrigues Vieira

Ano da defesa: 2021

Páginas: 317

Resumo

O presente estudo consiste em uma pesquisa-ação sobre o ensino da ordem do sujeito em relação ao verbo e as implicações desse fenômeno na concordância verbal – temas relevantes para a compreensão das feições do Português do Brasil decorrentes de processo de variação e mudança linguísticas. Elaboraram-se, aplicaram-se e avaliaram-se atividades pedagógicas, baseando-se nos três eixos propostos por Vieira (2014, 2017), que associam a reflexão/metacognição (Eixo 1) tanto à produção de sentidos nos textos (Eixo 2), quanto à variação linguística (Eixo 3). Desenvolvendo atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas (FRANCHI, 2006) e baseada em princípios da aprendizagem linguística ativa (PILATI, 2017), a investigação persegue os objetivos de: (i) em termos científicos, avaliar o rendimento de uma abordagem reflexiva da gramática, a fim de detectar se o conhecimento inconsciente do aluno se transformará em conhecimento que lhe permita operar sobre a língua de forma autônoma e consciente; e (ii) em termos pedagógicos, ensinar ao aluno a identificar os padrões de ordem Sujeito-Verbo e levá-lo a reconhecer a concordância-padrão, por meio da marca desinencial de plural, especialmente no caso de sujeito posposto, conforme emprego em gêneros específicos da modalidade escrita praticada por indivíduos escolarizados.

Além de detalhada revisão a literatura sobre os temas gramaticais estudados, fundamentaram a investigação pressupostos teóricos diversos, considerando as faces adotadas no tratamento dos temas, dentre os quais podem ser destacados os seguintes: (i) pressupostos elementares da Linguística gerativa, como inatismo, gramática universal, criatividade da linguagem, sistematização da língua, hierarquia dos constituintes (CHOMSKY, 1965), a fim de conceituar o que se entende pelo termo “gramática” – em suas abordagens implícita e explícita – e, a partir disso, formular as atividades e embasar as análises dos resultados; (ii) conceitos elementares da Teoria da variação e mudança (WEINREICH; LABOV; HERZOG, 1968; LABOV, 2006 [1972]), a partir do princípio da heterogeneidade ordenada; e, por fim, (iii) propostas acerca do ensino de Língua Portuguesa que fundamentam a abordagem reflexiva do ensino de gramática (PILATI, 2017; VIEIRA, 2017).

Em termos metodológicos, esta tese adota procedimentos de uma pesquisa-ação (TRIPP, 2005) e, em termos pedagógicos, as etapas de trabalho apresentadas por Vieira (2020), associadas a procedimentos da metodologia de aprendizagem linguística ativa, de Pilati (2017). A aplicação das atividades ocorreu em uma escola particular da Zona Norte do Rio de Janeiro e teve como participantes alunos das turmas dos 1o e 2o anos do Ensino Médio. As atividades consistiram em duas etapas (um projeto-piloto, na Proposta 1, e um conjunto de atividades, na Proposta 2, com sistematização e fixação do conteúdo em jogos). Os resultados obtidos foram descritos e debatidos em observação aos objetivos formulados para a investigação.

A partir das análises dos resultados encontrados na totalidade dessas atividades, constatou-se que, ao levar em consideração os conhecimentos prévios dos alunos e fazer com que eles reconhecessem VS como uma estrutura restrita a um conjunto de verbos e/ou a funções discursivas específicas, além de problematizar a presença ou não da concordância verbal, foi produtiva a reflexão sobre os fenômenos gramaticais. Os alunos, depois das atividades, demonstraram consciência sintática acerca dos fenômenos, de modo que analisaram e detectaram, em sua grande maioria, o sujeito, o verbo, a posição desses constituintes e a concordância ou não concordância em sentenças diversas. Logo, as estratégias e métodos levados em consideração demonstram que é possível (i) a “construção de uma gramática explícita” em sala de aula, e, ainda, (ii) o desenvolvimento de habilidades específicas no controle e possivelmente no uso dos recursos gramaticais. Os resultados da investigação demonstram que o ensino reflexivo de gramática promove capacidade crítica associada à compreensão da materialidade linguística e, consequentemente, autonomia no reconhecimento e no uso das categorias linguísticas, como fruto da ampliação de repertório analítico.

Abstract

The present study consists of an action-research on the teaching of the order of the subject in relation to the verb and the implications of this phenomenon in verb agreement – topics relevant to the understanding of the features of Brazilian Portuguese resulting from the process of linguistic variation and change. Pedagogical activities were developed, applied and evaluated, based on the three axes proposed by Vieira (2014, 2017), which associate reflection/metacognition (Axis 1) both to the production of meanings in texts (Axis 2), regarding linguistic variation (Axis 3). Developing linguistic, epilinguistic and metalinguistic activities (FRANCHI, 2006) and based on principles of active language learning (PILATI, 2017), the research pursues the objectives of: (i) in scientific terms, to evaluate the performance of a reflexive approach to grammar, in order to detect whether the student’s unconscious knowledge will be transformed into knowledge that allows him to operate on the language autonomously and consciously; and (ii) in pedagogical terms, teach the student to identify the patterns of Subject-Verb order and lead him to recognize the standard agreement, through the desinential plural mark, especially in the case of a postponed subject, as used in genres specific to the written modality practiced by educated individuals.
In addition to a detailed review of the literature on the grammatical themes studied, the investigation was based on various theoretical assumptions, considering the aspects adopted in the treatment of the themes, among which the following can be highlighted: (i) elementary assumptions of generative linguistics, such as innateness, grammar universal, creativity of language, systematization of language, hierarchy of constituents (CHOMSKY, 1965), in order
to conceptualize what is meant by the term “grammar” – in its implicit and explicit approaches – and, from that, to formulate the activities and to support the analysis of the results; (ii) elementary concepts of the Theory of variation and change (WEINREICH; LABOV; HERZOG, 1968; LABOV, 2006 [1972]), based on the principle of ordered heterogeneity; and, finally, (iii) proposals about the teaching of Portuguese that underlie the reflexive approach to grammar teaching (PILATI, 2017; VIEIRA, 2017).
In methodological terms, this thesis adopts action research procedures (TRIPP, 2005) and, in pedagogical terms, the work steps presented by Vieira (2020), associated with procedures of the active language learning methodology, by Pilati (2017). The application of the activities took place in a private school in the North Zone of Rio de Janeiro and had students from the 1st and 2nd years of high school as participants. The activities consisted of two stages (a pilot project, in Proposal 1, and a set of activities, in Proposal 2, with systematization and fixation of content in games). The results obtained were described and discussed in observation of the objectives formulated for the investigation.
From the analysis of the results found in the totality of these activities, it was found that, by taking into account the students’ previous knowledge and making them recognize VS as a structure restricted to a set of verbs and/or specific discursive functions, in addition to questioning the presence or absence of verbal agreement, the reflection on grammatical phenomena was productive. The students, after the activities, demonstrated syntactic awareness about the phenomena, so that they analyzed and detected, for the most part, the subject, the verb, the position of these constituents and the agreement or non-agreement in different sentences. Therefore, the strategies and methods taken into account demonstrate that it is possible to (i) the “construction of an explicit grammar” in the classroom, and also (ii) the development of specific skills in the control and possibly in the use of grammatical resources. The research results demonstrate that the reflexive teaching of grammar promotes critical capacity associated with the understanding of linguistic materiality and, consequently,
autonomy in the recognition and use of linguistic categories, as a result of the expansion of the analytical repertoire.

Suzane Morais da Veiga Silveira

Título da tese: Entre Vozes e Olhares: Gilka Machado, a questão sujeito mulher e a autoria feminina.

Orientador(a): Profª. Drª. Anélia Montechiari Pietrani

Ano da defesa: 2021

Páginas: 356

Resumo

Esta tese de doutorado tem como objetivo investigar a trajetória intelectual de Gilka Machado, analisando de que maneira a sua atividade jornalística e literária contrapõe e complexifica os modos de subjetivação das mulheres no início do século XX. Como metodologia de trabalho, realizamos, em primeiro lugar, uma revisão da bibliografia crítica sobre a autora, desde o período de sua recepção pelos literatos na Belle Époque até trabalhos mais recentes, traçando o percurso das leituras da obra gilkiana e suas implicações no estado da arte sobre a escritora. Em segundo lugar, procuramos conceituar a noção de “sujeito-mulher”, elaborada enquanto questão teórica, de modo a demonstrar a presença de uma reflexão sobre a autoria tanto na subjetividade feminina múltipla e “gendrada” em seus textos de cunho literário quanto na consciência poético-política em sua atividade jornalística. Em seguida, debruçamo-nos sobre a atuação de Gilka em periódicos femininos/ feministas da Belle Époque, com ênfase em sua participação na revista A faceira, no ano de 1913, através de pesquisa documental de crônicas e textos de primeira fonte. Quanto à produção literária, a partir da prosa gilkiana, elaboramos um exame detalhado da conferência A revelação dos perfumes (1916) e de três contos inéditos da autora: “Tempestades”, “O poeta e a dor” e “Na hora do footing”. Acerca da produção poética, utilizamos como critério para a seleção do corpus de análise a relação dos poemas com a temática do feminino e suas figurações (e subversões) simbólicas. Como resultado, percebemos que a autora rompe com convenções poéticas de uma tradição literária masculina, ao ressignificar imagens do imaginário ocidental e encenar as contradições dos modelos de subjetivação das mulheres disponíveis às escritoras em seu esforço de (auto)representação. Com isso, o presente estudo pretende contribuir, com material de pesquisa original e leitura cerrada dos textos e suas referências, para a expansão das perspectivas críticas e dos horizontes de pesquisa sobre o legado de Gilka Machado, promovendo, assim, o desenvolvimento dos estudos acadêmicos em torno de sua obra.

Palavras-chave: Gilka Machado. Autoria Feminina. Sujeito-mulher.

Abstract

This doctoral thesis aims to investigate Gilka Machado’s intellectual trajectory, analyzing how her journalistic and literary activity opposes and complexifies the modes of subjectification of women at the beginning of the 20th century. As the methodology of work, we carried out, in the first place, a review of the critical bibliography on the author, from the period of her reception by the critics at Belle Époque to more recent works, tracing the course of the readings of the Gilkian work and their implications for the state-of-the-art about the writer. Second, we sought to conceptualize the notion of “woman-subject”, elaborated as a theoretical question, to demonstrate the presence of a reflection on authorship, both in the multiple and “gendered” female subjectivity in her literary texts as well as in the poetic-political conscience in his journalistic activity. Then, we studied Gilka’s performance in women’s / feminist journals of the time, with an emphasis on her participation in the magazine A faceira, in 1913, through documentary research of chronicles and texts from first source. As for the literary production, based on Gilkian prose, we elaborated a detailed examination of the conference A revelação dos perfumes (1916) and of three unpublished stories by the author: “Tempestades”, “O poeta e a dor” and “Na hora do footing”. Regarding her poetic production, we used as criterion for the selection of the corpus of analysis the relationship of the poems with the feminine theme and their symbolic figurations (and subversions). As a result, we realized that the author breaks with poetic conventions of a male literary tradition, by reframing images from the Western imagination and staging the contradictions of the subjectification models of women available to women writers in their (self)representation effort. Therefore, the present study intends to contribute, with original research material and close reading of the texts and their references, to the expansion of critical perspectives and horizons of research on Gilka Machado’s legacy, promoting, thereby, the development of academic studies around her work.

Keywords: Gilka Machado. Female authorship. Woman-subject